Paratur avalia desenvolvimento do turismo em Parauapebas

Continua depois da publicidade

O cenário turístico de Parauapebas foi pautado durante reunião que aconteceu na quarta-feira, 13, na Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Seden) e contou com participação de técnicos da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), associados da Cooperativa de Turismo Ecológico (Coopeture), representantes da Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror) e do Centro de Educação Ambiental de Parauapebas (Ceap).

De acordo com Maria Sousa técnica da Paratur, a visita teve como objetivo avaliar o potencial turístico de Parauapebas, baseado na infra-estrutura desenvolvida pela cidade como serviços de hospedagem, alimentação, agências de viagem e transporte. “Parauapebas tem potencial turístico industrial, além de atrativos como zoológico e unidade de conservação, mais ainda é necessário que os hotéis do município se cadastrem junto ao Ministério do Turismo”, disse.

Durante a reunião, foi citada a criação da Secretaria do Estado de Turismo, que ficará responsável pelo fomento do turismo no Pará. “A gestão da Paratur será mantida com a função de marketing turístico do estado”, enfatizou Maria Sousa.

Segundo o secretário de desenvolvimento, Sebastião Cruz, neste momento o desafio é dar mais visibilidade as alternativas de turismo que existem no município. “Queremos divulgar os locais turísticos de Parauapebas, atraindo turistas e até mesmo possíveis investidores”, falou.

FITA
Entre os dias 21 a 24 de junho, acontece no Hangar, em Belém a Feira Internacional de Turismo na Amazônia (FITA). A Prefeitura de Parauapebas por meio da Seden participa do evento e terá a oportunidade de expor os produtos turísticos do município.

2 comentários em “Paratur avalia desenvolvimento do turismo em Parauapebas

  1. Araújo Responder

    Lucas, os turístas poderão fazer esportes radicais, andando nas vans belamentes conservadas ou então corrida com motoboy’s. Existe também trilha ou caminhada pelos passeios da cidade, e a adrenalina de se atravessar as ruas da cidade, principalmente nos semáforos da cidade, onde as prioridades são para os carros e não para os pedestres. Mais uma: andar calmamente pela cidade fortemente seguras e vigiadas.

  2. Lucas Responder

    Se há alguém nessa cidade que entende de turismo sou EU, e lamento informar que as informações relacionadas com o turismo estão equivocadas! Ninguém nessa prefeitura tem competência pra falar de turismo. Devo lhes dizer que o potencial de turismo em Parauapebas é para o seguimento de negócios!! Esqueçam a idéia de turismo de lazer, nenhum turista vem pra região se não for por força maior, a do trabalho. Essa cidade é sufocante, não tem estrutura para atender uma demanda de lazer. E falar de zoologico, é outro problema, pq ali´ é territorio da VALE, como qualquer atividade que ultrapasse a portaria faz se necessário retirar um ” visto de entrada” ” Parauapebas tem potencial turistico industrial” ??? por favor! A paratur não entende nada de turismo. Tão pouco tem competencia para avaliar o potencial turistico seja de qualquer região, muito menos o de Parauapebas, se assim o fosse Belém não estaria aquela imundice!

    Se realmente os senhores que se dizem politicos dessa cidade estão interessados em turismo, esqueçam essa ideia por enquanto. A cidade precisa de infra-estrutura, transporte coletivo de verdade e não essa porcaria de vanzeiros. Em relação a Hotelaria existe apenas dois Hotéis na cidade, o resto são dormitorios. Restaurantes contamos nos dedos… primeiro melhore a nossa estrutura pra depois se falar em turismo.

    Chega um final de semana nessa cidade ficamos a ver poeira! Não tem um parque, city park? aquilo é um curral, Shopping? uma galeria, não? Banhos só se for de chuva e poeira, restaurantes? os de costa pra rua cheios de moscas.

    Enquanto não resolver os problemas da favela chamada PARAUAPEBAS, esquecam essa linda palavra TURÍSMO.

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: