Pará: Ibama apreende 1,3 mil cabeças de gado em operação contra desmatamento e queimadas

O rebanho era criado em áreas que já haviam sido embargadas pelo Instituto, impedindo a regeneração natural da cobertura vegetal na região
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreenderam 1.388 cabeças de gado durante operação de combate ao desmatamento e às queimadas em São Félix do Xingu, no sudeste do Pará. O rebanho era criado em áreas que já haviam sido embargadas pelo Instituto, impedindo a regeneração natural da cobertura vegetal na região.

Durante a ação também foram encontrados diversos caminhões que transportariam o gado para outra área embargada.

A equipe de fiscalização emitiu 14 autos de infração, que totalizam R$ 68,9 milhões, além de notificações e termos administrativos. As transportadoras foram autuadas por transportar produto de origem animal procedente de área embargada e o dono do gado, por impedir a regeneração de área desmatada ilegalmente. Os infratores também serão responsabilizados em âmbito criminal.

O rebanho apreendido foi doado para a Prefeitura Municipal de São Félix do Xingu (PA) e será retirado com apoio do Exército Brasileiro.

Segundo o Ibama, a fiscalização na região será intensificada para inibir violações à legislação ambiental.

O município de São Felix do Xingu, no Pará, tem o maior rebanho bovino do Brasil. (C.om informações do Ibama)

Publicidade

Relacionados