Esportes

Papão segura vantagem e avança às quartas da Copa Verde

Em uma das duas partidas que deu sequência às disputas da segunda rodada das oitavas de final da Copa Verde, o Paysandu conseguiu segurar a vantagem obtida no jogo de ida para avançar às quartas de final do torneio regional. Jogando no Estádio da Curuzu, em Belém (PA), o Papão ficou no empate sem gols com o Nacional-AM e garantiu a classificação no agregado: 1 a 0.

Com a classificação garantida, o Paysandu se junta a Cuiabá-MT, Costa Rica-MS e Bragantino-PA – justamente o adversário do Papão nas quartas de final. Nas oitavas, o rival paraense passou pelo Santos-AP, com uma vitória no jogo de ida por 1 a 0 e o empate por 1 a 1 no segundo jogo.

Primeiro tempo

A partida começou movimentada, com o Paysandu tomando as rédeas do duelo e tendo a mais posse de bola. Do outro lado, o Nacional apostava nos contra-ataques rápidos. Em um desses lances, o time visitante criou a primeira chance de perigo. Aos 13 minutos, Romarinho recebeu na entrada da área e soltou o pé, mas a bola saiu a esquerda do gol defendido por Giovanni. A resposta dos mandantes veio aos 16, quando Elielton cruzou na área e Vinicius Leite completou de voleio, mas a bola explodiu no travessão.

Nos minutos finais, as duas equipes criaram mais duas boas chances. Aos 33, Diego Rosa cruzou na área e Vinicius Leite apareceu mais uma vez para completar, mas a bola desta vez saiu rente a trave, desperdiçando um bom lance para o Paysandu. Já aos 44 foi a vez do Nacional ficar perto de tirar o zero do placar. Ronan avançou em velocidade, mas quando estava de frente para o gol, chutou fraco. Até por conta disso, o primeiro tempo terminou empatado sem gols.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, a partida seguiu bastante disputada e o Paysandu fez pressão nos primeiros minutos para garantir sua classificação. Aos 11 minutos, Uchôa recebeu um passe açucarado e chutou de primeira, mas a bola raspou o travessão antes de sair. Já aos 14, Vinicius Leite cruzou rasteiro na área procurando Jheimy, que se esticou todo de carrinho, mas não conseguiu alcançar a bola.

Porém a melhor chance do Papão veio aos 21. Após um escanteio cobrado na área, a bola ficou viva e sobrou para Victor Oliveira, que mesmo de frente para o gol, chutou para fora. Na sequência, os dois times foram para o tudo ou nada, mas o duelo terminou mesmo empatado sem gols.

Fonte: Futebol Interior

Deixe seu comentário