Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Operação Impactus III teve como resultado prisões e apreensão de drogas

A ação policial integrada foi deflagrada em Parauapebas e reuniu as Forças de Segurança do Estado e município
Continua depois da publicidade

A operação, desencadeada ontem (5), contou com a participação de policiais civis da Superintendência Regional da 10ª RISP (Região Integrada de Segurança Pública) – Carajás, Policiais militares de Parauapebas, Grupamento do Canil da Guarda Municipal de Marabá e Graesp (Grupamento Aéreo de Segurança Pública). O objetivo foi dar cumprimento a mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pelo Juízo da Comarca de Parauapebas. Os mandados foram solicitados à Justiça, após intenso trabalho investigativo realizado pela Polícia Civil.

Durante a Operação Impactus III foram presos em flagrante: Elizangela Rodrigues Correa, acusada de trafico e associação ao tráfico de entorpecentes e corrupção de menores; Alair Freitas Barbosa, marido de Elizangela, acusado dos mesmos crimes; Joelson Silva Costa; e Rafael Santos de Sousa.

Foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência contra Isamara Rosa Lima e Sindeval de Jesus de Lima Santos; e ainda Auto de Apreensão de duas adolescentes.

Em poder dos presos a polícia apreendeu: R$ 4.347,00, 800 gramas de maconha, 12 papelotes de cocaína, sete papelotes de crack, dois papelotes de maconha, cinco aparelhos celulares, quatro correntes de cor dourada; dois pares de brinco de cor dourada; uma aliança de cor amarela, um pingente de cor amarela e uma motocicleta Biz vermelha, com registro de roubo;

Veja também:  Agrônomo perde a luta contra as drogas e, por fim, perde a vida em Redenção

A ação integrada se desenvolveu sem incidentes, transcorrendo dentro da melhor técnica policial. Os flagranteados foram conduzidos à 20ª Seccional de Parauapebas, onde foram ouvidos e tiveram suas condutas individualizadas a critério da autoridade policial, posteriormente foram colocados à disposição da Justiça.

A operação foi coordenada pelas delegadas Simone Felinto França, superintendente Regional da 10ªRISP-Carajás; Yanna Kaline Wanderley de Azevedo, diretora da 20ª Seccional Urbana de Parauapebas; e pelo Major Emmet Alexandre da Silva Moulton, subcomandante do 23° BPM de Parauapebas.

As operações integradas terão continuidade no município, visto que é uma diretriz da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, por intermédio da Delegacia Geral de Polícia Civil, e, por conseguinte, da Diretoria de Polícia do Interior.

Deixe uma resposta