Jacundá

Na volta às aulas, estudantes encontram escola-tapera em Jacundá

Vídeo divulgado nas redes sociais, feito pela mãe de um aluno, mostra o prédio em ruínas, alugado para funcionar como anexo da EMEF “Maria da Glória Rodrigues Paixão”

Um prédio alugado pela Prefeitura de Jacundá, para funcionar como anexo do Ensino Fundamental da Escola “Maria da Glória Rodrigues Paixão”, está sem condições de atender aos mais de 200 alunos matriculados na unidade de ensino. A descoberta feita nesta terça-feira (5) pela mãe de um aluno e ganhou as redes sociais. As fotos e as imagens em vídeo mostram a precariedade do local.

“Acabou de chover, tudo pingando. A maioria dos alunos foi embora. Que situação. Pelo amor de Deus. Cadê as portas? Pior que é um presídio”, diz a mulher na gravação em vídeo.

“A água da chuva passa por dentro das lâmpadas e cai em nós. Isso mesmo. A escola tá sendo uma ameaça aos alunos e funcionários. Dá medo quando chove”, o desabafo é um servidor, que não teve o nome revelado, e nas imagens divulgadas é perceptível à precariedade do local.

Uma das coordenadoras do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) – Subsede Jacundá -, Cirlene Cabral, publicou em redes sociais sobre a situação do anexo escolar. “Que tristeza. Dá vontade de chorar. Nós, educadores, sendo desrespeitados ao extremo e os alunos também”.

Nas fotos é possível perceber a incapacidade de a escola receber os alunos. Salas sem portas, forro deteriorado, quadro escolar sem cobertura. Sem falar de outros problemas físicos, como fiação elétrica aparente e infiltração.

Em nota, a Secretaria de Educação de Jacundá informou que “diante das condições físicas do prédio da E.M.E.F. Professora Maria da Glória R. Paixão, a Prefeitura Municipal de Jacundá, através da Secretaria Municipal de Educação, fez a remoção dos educandos do antigo prédio [alugado] para o prédio da Escola Estadual que leva o mesmo nome.

Informa ainda “há algum tempo que o prédio localizado na Rua Teotônio Vilela apresenta deterioração. Ao fim de 2018, a SEMED já havia se manifestado em realizar uma nova instalação para a Escola, no entanto, o prédio onde se faria esta mudança, ainda não encontra-se pronto. Por uma razão imediata e pensando na comodidade de alunos e professores estabeleceu-se essa parceria entre a Rede Municipal de Ensino e o Estado”.

“A partir desta quarta-feira (6) as aulas dos alunos da E.M.E.F. Profª. Mª. da Glória R. Paixão passarão a acontecer no prédio da Escola Estadual Profª. Mª. da Glória R. Paixão”, encerra a nota.

Deixe seu comentário