Marabá

Motorista é preso vendendo combustível desviado da Prefeitura de Marabá

Por Paulo Costa – de Marabá Acaba de ser apresentado na Seccional de Polícia Civil da Nova Marabá, o motorista Dyone Lima do Nascimento, acusado de desviar combustível e vender …

Por Paulo Costa – de Marabá

Acaba de ser apresentado na Seccional de Polícia Civil da Nova Marabá, o motorista Dyone Lima do Nascimento, acusado de desviar combustível e vender a preço mais barato no mercado negro, na cidade. A prisão aconteceu dentro da Secretaria de Obras de Marabá no momento em que o servidor chegava para o serviço

O secretário municipal de Segurança Institucional do Município de Marabá, delegado licenciado Alberto Teixeira disse que a prisão é o resultado de uma investigação interna que começou a ser feita no início do ano, desde que foi comprovado que na gestão anterior havia muito desvio de combustível da Secretaria Municipal de Obras.

O próprio prefeito João Salame Neto havia denunciado recentemente que sua equipe encontrou em uma nota de combustível de um único dia de dezembro de 2012 em que apenas uma camionete da Secretaria de Obras tinha consumido cerca de 1.300 litros de combustível. “Só se ela foi à Lua e voltou no mesmo dia”, ironizou o gestor municipal.

Segundo o secretário Alberto Teixeira, o que esquema funcionava da seguinte forma: Dyone Lima levava o caminhão com o tanque cheio para sua casa e, durante a noite, retirava parte do óleo diesel e armazenava em galões. Aliás, em sua residência foram encontrados 16 vasilhames cheios com 20 litros de combustível, cada.

O servidor permanecerá preso e vai responder tanto a processo criminal quanto na esfera administrativa. Inicialmente, o acusado não quis se defender das acusações que lhe são imputadas.

Deixe seu comentário