Ministério da Educação autoriza Psicologia em particular de Parauapebas

Faculdade privada ganha aval para ofertar até 160 vagas anuais da graduação. Quem aguarda desfecho do MEC é o curso de Enfermagem da Ufra no município: já teve papelada aprovada.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Nesta segunda-feira (8), o Ministério da Educação (MEC) publicou no Diário Oficial da União (DOU) a autorização para funcionamento de novos cursos de graduação no Brasil, e uma faculdade privada com sede em Parauapebas foi contemplada no pacote. A Secretaria de Regulação e Supervisão de Educação Superior (Seres), braço do MEC para as diretrizes acerca de cursos universitários, deu carta branca para que a Faculdade Master de Parauapebas (Famap) possa iniciar a graduação em Psicologia com oferta de até 160 vagas anuais.

As informações foram levantadas com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu e foram publicadas aqui. Dos 30 cursos liberados pelo MEC nesta publicação do DOU, três são paraenses. Além da graduação de Psicologia em Parauapebas, também estão autorizados Enfermagem em Benevides pela Faculdade Adventista da Amazônia, com oferta de 60 vagas por ano; e Engenharia Elétrica em Paragominas pelo Pitágoras, com 50 cadeiras.

O campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) em Parauapebas, por seu turno, possui processo em tramitação na Seres e aguarda o desfecho para o pedido do curso de Enfermagem. A Federal já cumpriu praticamente todos os requisitos para instalação da graduação, inclusive teve aprovada a análise documental. Todavia, por se tratar de curso da área de saúde, há um rito a seguir, como a designação de comissão avaliadora para estar “in loco” em Parauapebas conhecendo a realidade da infraestrutura de saúde municipal.

Isso só não foi possível porque a pandemia de Covid-19 atrapalhou a avaliação “in loco” e, segundo a Ufra, não há data para que os avaliadores venham a Parauapebas. Não fosse a pandemia, a avaliação ocorreria no primeiro semestre deste ano e, provavelmente, com a autorização do MEC, as vagas em Enfermagem em Parauapebas poderiam ser disponibilizadas já no início de 2021.

Atualmente, Parauapebas conta com seis cursos superiores de oferta regular, sendo cinco pela Ufra e um, tecnológico, pelo Instituto Federal do Pará (IFPA). Já os cursos privados, tanto presenciais quanto a distância, somam 94. Dados do Ministério da Educação revelam que hoje 5.700 estudantes estão matriculados em ensino superior no município. As faculdades particulares com cursos universitários válidos somam 15 instituições.

Publicidade