Parauapebas

Mesmo presos, vereadores Odilon (SDD) e Arenes (PT) solicitam licenciamento não remunerado por 30 dias .

Os vereadores Odilon Rocha de Sanção, do Solidariedade, e o vereador José Arenes, do Partido dos Trabalhadores, entraram ontem (15) com requerimento na Câmara Municipal de Parauapebas solicitando afastamento por …

Os vereadores Odilon Rocha de Sanção, do Solidariedade, e o vereador José Arenes, do Partido dos Trabalhadores, entraram ontem (15) com requerimento na Câmara Municipal de Parauapebas solicitando afastamento por um prazo de 30 dias. Os vereadores citados encontram-se presos preventivamente, em Belém, desde a “Operação Filisteu”, ocorrida em Parauapebas no último dia 26.

Os requerimentos devem entrar na pauta da sessão de hoje (16). Alguns vereadores consultados pelo Blog acreditam que os requerimentos não passarão, já que o Regimento Interno da CMP não prevê o afastamento espontâneo quando o edil está privado dos seus direitos civis.

Odilon

Arenes 1

No último dia 12 os dois vereadores presos foram denunciados pelo Ministério Público do Estado por formação de quadrilha, peculato, corrupção passiva e ativa e por crimes contra a Lei de licitações. No mesmo processo estão os vereadores Josineto Feitosa e Devanir Martins, ambos do Solidariedade; o comerciante Edmar Cavalcante, dono do Supermercado e da Locadora de veículos que fornecia a CMP; os funcionários Breno Henrique de Oliveira Munhole, Cleidiane de Oliveira Ferreira, Herbeth Herland Matias Gomes e Pedro Nazareno Costa; além de Frederico Sanção e Odiléia Sanção, filhos do vereador Odilon Sanção.

Rui Barbosa, o maior dos defensores do que era moral e ético disse certa vez: “Quanto maior o bem , maior o mal que da sua inversão procede.” Se o pedido dos vereadores pode parecer legal, certamente para muitos é imoral.

Atualização
Os pedidos de licença dos vereadores presos não foram discutidos durante a sessão ordinária de hoje (16) da Câmara Municipal de Parauapebas.

7 comentários em “Mesmo presos, vereadores Odilon (SDD) e Arenes (PT) solicitam licenciamento não remunerado por 30 dias .

  1. Anônimo Responder

    O prefeito tambem deveria estar preso…. isso é uma vergonha… bando de corruptos, larápios do dinheiro publico… ai tem mais…

  2. Franco Responder

    Tratar de interesses particulares, deveria ser mais claro ( porque estou na cadeia &*%$@!!) o legal ai mesmo é a assinatura do Odilon, nobel perde!

  3. Anônimo Responder

    Votar a favor desse requerimento seria o cúmulo da conivência, da cumplicidade e do conluio.

  4. pedro Responder

    DESDE QUANDO PRESIDIARIOS PODEM ASSINAR DOCUMENTOS OFICIAIS COMO SE ESTIVESSEM EM SEUS GABINETES????????????????

  5. Advogado Responder

    Espero que respeitem o regimento. Entrarei, amanhã, no Ministério Público provocando, caso os vereadores aceitem esta imoralidade.

Deixe seu comentário