Justiça prende Josineto Feitosa, ex-presidente da Câmara Municipal de Parauapebas.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

JosinetoO ex-presidente da Câmara Municipal de Parauapebas, na gestão 2013/2014, Josineto Feitosa (foto), foi preso em sua residência no início da manhã por uma equipe do Gaeco – Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado.

A prisão foi decretada pelo juiz Líbio de Araújo Moura nos mesmos autos da “Operação Filisteu”, realizada em 26 de maio em Parauapebas e que resultou na prisão dos vereadores Odilon Rocha de Sanção e José Arenes, além do empresário Edmar Cavalcante, o “Boi de Ouro”.

A prisão de Josineto se deu após compartilhamento de provas do juízo local com o segundo grau, provas estas que chegaram ao Dr. Líbio Moura apenas no dia 23 de junho.

Josineto Feitosa está prestando depoimento no Ministério Público de Parauapebas. O vereador deve, ainda, fazer exames de corpo de delito no IML local e posteriormente seguirá para a capital do Estado, onde se juntará aos vereadores já presos.

Atualização
O juiz Líbio Moura também decretou a prisão de Herbert Herland Mattias Gomes, que era diretor administrativo na gestão do ex-presidente Josineto Feitosa. Herbert não foi encontrado pela Força Policial em virtude de estar ausente do município desde a saída de Josineto da presidência. Segundo informações de uma fonte no Fórum local, a advogada de defesa de Herbert prometeu apresentá-lo à justiça nas próximas horas.

Publicidade