Jovem de 19 anos executado com tiros na cabeça em Tucuruí

"Didi" estava sentado na porta de casa quando foi assassinado. A polícia trabalha com a hipótese de acerto de contas com o tráfico
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Rodrigo de Sousa Ferreira, 19 anos, conhecido como “Didi”, que colecionava diversas passagens pela Delegacia de Polícia Civil, estava sentado na porta da casa dele quando dois homens, em uma moto Honda Bros, se aproximaram. O da garupa do veículo sacou uma arma de fogo e efetuou vários disparos em direção ao rapaz, que morreu no local.

A execução foi registrada à Rua Araguaia, no Bairro Paravoá, em Tucuruí, por volta de 16h de ontem, terça-feira (7). Familiares tentaram socorrer Rodrigo, mas ele não resistiu aos graves ferimentos e morreu. Ao menos três tiros o atingiram na região da cabeça. A polícia foi comunicada e as investigações iniciadas, alguns depoimentos foram colhidos e requisitas imagens de câmeras de monitoramento instaladas em frente a uma residência próxima, as quais possivelmente registraram toda a ação criminosa.

O corpo foi removido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) e encaminhado ao Centro de Perícias Científicas Renato Chaves em Tucuruí. Até o momento, os autores da execução não foram identificados. A PC trabalha na hipótese de crime relacionado ao tráfico de drogas.

(Antonio Barroso)

Publicidade
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir