Itupiranga: Polícia Civil prende em flagrante padrasto acusado de matar enteada

O homem é acusado de ter dado empurrões e socos na enteada, uma adolescente de 17 anos, jogando-a de encontro a uma porcelana quebrada, fazendo com que a mesma se lesionasse gravemente, evoluindo a óbito no hospital
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil, por meio da Superintendência Regional do Sudeste do Pará, prendeu em flagrante um homem por lesão corporal seguido de morte da enteada, uma adolescente de 17 anos. A prisão foi efetuada na madrugada desta segunda-feira (29), no município de Itupiranga, na região sudeste do estado.

De acordo com Polícia Civil, as investigações realizadas apontam que homem, identificado como Gilberto Silva, junto com sua companheira e a enteada, Tainá Lima dos Santos, voltaram para casa sob efeito de bebida alcoólica. Ao chegar à residência, localizada na Rua 25 de Agosto, Bairro Vitória, mãe e filha iniciaram uma discussão.

No calor da briga, a adolescente empurrou a mãe, que desmaiou.  Em seguida, o padrasto efetuou empurrões e socos na enteada, jogando-a de encontro a uma porcelana quebrada, fazendo com que a mesma se lesionasse gravemente, evoluindo a óbito em um hospital da cidade.

Segundo a PC, após os procedimentos cabíveis, o acusado foi transferido para o Sistema Penitenciário e se encontra à disposição da Justiça.

Tina DeBord – com informações da Polícia Civil