IML em Parauapebas

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O município de Parauapebas, deverá inaugurar no próximo mês uma unidade do Instituto Médico Legal e Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. Marcelo Salame, diretor do IML de Marabá, disse em entrevista ao jornal O Liberal, da capital, que a implementação do CPC de Parauapebas é aguardada com grande ansiedade pelos municípios da região, uma vez que irá desafogar a demanda do Instituto de Marabá, que atualmente atende a 23 municípios do sul e sudeste paraense.

"Com certeza a nova unidade irá trazer celeridade aos trabalhos e beneficiar vários municípios", disse Salame. Uma vez implementada, a proposta do novo núcleo é atender, basicamente, a demanda dos municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Curionópolis e Eldorado dos Carajás. Na semana passada, a Secretaria de Estado de Segurança Pública inaugurou o Instituto Médico Legal de Altamira, no sudoeste paraense.

Atualmente, o Instituto de Criminalística de Marabá trabalha com perícias de levantamento de local de crime, imóveis, veículos, armas de fogo, drogas e objetos, entre eles verificação de disparo de arma de fogo, homicídios , suicídios, incêndios, e acidentes de trânsito e de trabalho, bem como perícias em imóveis para constatação de danos, arrombamento, furto e esbulho possessório, violação e sabotagem, levantamento de impressão digital, constatação toxicológica, autenticidade em mídias (CDs e DVDs), perícias descritivas e armas brancas e aparelhos celulares e ainda pesquisa de pólvora combusta.

Já o Instituto Médico Legal de Marabá opera com exames de corpo de delito, entre eles necropsia, lesão corporal, conjunção carnal, ato libidinoso diverso da conjunção carnal e verificação de embriaguez. O instituto realiza ainda exames de verificação de dependência química e de sanidade mental e ainda exumação de cadáver.

Fonte: O Liberal

[ad code=1 align=center]

Relacionados