Parauapebas

Homem mata outro na zona rural e pede para o patrão avisar à polícia

Compareceu nesta quinta-feira (3), na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, em Parauapebas, Aguilson Alves de Souza. Ele foi comunicar o assassinato de Antônio Filho da Silva Cunha, também conhecido pelo apelido vulgo “DJ”, executado pelo indivíduo identificado apenas como “Baiano”.

Aguilson que é proprietário de terras na Vicinal Terra Roxa, em Marabá, mas que fica mais próximo de Parauapebas. Disse que, no dia 18 de setembro passado, anunciou que estava precisando de trabalhadores.

Um dos que se apresentou para trabalhar, identificando-se apenas como “Baiano”, o qual descreve como negro, alto, forte, aproximadamente 52 anos de idade e cabelos brancos.

 O relator conta que, na madrugada desta quinta-feira, por volta das 2h, recebe uma ligação de um número privado. No outro lado estava “Baiano”, contando que havia matado “DJ” e pedindo a Aguilson de Souza para que avisasse à polícia.  

“Baiano” não disse os motivos do crime nem onde se encontrava, nem apareceu mais para trabalhar. Aguilson encontrou o corpo de DJ, em uma poça de sangue e perfurações no crânio, provavelmente produzidas por disparos de arma de fogo. A Polícia Civil está investigando o caso.

(Caetano Silva)      

Deixe seu comentário