Homem condenado em 2018 por assalto quebra condicional e volta para a cadeia

Ele progrediu para o regime semiaberto, mas deixou de cumprir o compromisso de se apresentar à Justiça todos os meses até o prazo final na pena
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil, em Parauapebas, deu cumprimento a Mandado de Prisão Preventiva contra Jone Carlos Santos Saraiva, 30 anos de idade. A captura aconteceu por volta das 10h de ontem, segunda-feira (7).

O mandado, expedido pela 1ª Vara Criminal de Parauapebas, se refere a crime tipificado no artigo 157, parágrafo 2º, inciso 2, do Código Penal Brasileiro.

De acordo com o processo, que consta no site da Justiça do Pará, em 7 de janeiro de 2012, por volta de 06h30h, após sair de uma festa, Rodrigo Brito Araújo foi agredido com socos no rosto e pontapés pelo corpo por Jones e Adriano Ribeiro Araújo, que o ameaçaram de morte e roubaram dele R$ 68,00.

Pelo crime, ambos foram condenados, em fevereiro de 2018, a quatro anos de cadeia.

Porém, Jone Carlos, após cumprir parte da pena, conseguiu progressão de regime para o semiaberto, com a obrigação de se apresentar de 30 em 30 dias à Vara de Execuções Penais para assinar o Termo de Comparecimento Mensal, até o prazo final da pena a que foi condenado.

Entretanto, de determinado mês em diante, ele deixou de cumprir o compromisso e agora terá de cumprir o restante da pena em regime fechado.

(Caetano Silva)

Publicidade