Homem assassinado com mais de 20 perfurações no corpo em Rondon

A PM e a Polícia Civil prenderam dois suspeitos em Goianésia. Ambos negaram o crime, porém foram removidos para Rondon, distrito da culpa
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Wemerson Nogueira Alves, de 22 anos, foi morto com mais de 20 perfurações provavelmente produzidas por arma branca. O homicídio foi registrado na região conhecida como Cinco Irmãos, na Vila Voz de Deus, em Rondon do Pará, na sexta-feira da semana passada, dia 8. O crime que vitimou o trabalhador rural pode ter sido cometido por mais de uma pessoa. Policiais do 37º Pelotão da PM e policiais civis de Goianésia do Para atenderam à ocorrência, removeram o corpo e prenderam dois suspeitos pelo crime.

O cadáver de Wemerson Alves apresentava mais de 20 perfurações no lado direito do corpo e no pescoço. De acordo com informações do sargento Oziel, que comandou a equipe composta pelo cabo Damasceno e soldado Danyel  e ainda pelo investigador Edson da Polícia Civil, o homicídio teria acontecido na madrugada e dois homens foram apontados como suspeitos.

Foram encaminhados para a Delegacia de Goianésia Janilson Tavares de Souza, 29 anos, e Atrópio Maria Lima, de 30, mas negaram ter cometido o crime.

Após procedimento, os dois envolvidos foram colocados à disposição da Depol de Rondon do Pará, jurisdição responsável pela condução do inquérito.

Publicidade