Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Handebol de Parauapebas representará o Pará nos Jogos Nacionais da Juventude

Alunos de escola pública inclusos no Projeto HandPebas têm competido Brasil afora representando

Após participar dos Jogos Interescolares de Parauapebas (Jips), sendo tricampeão nesta competição, como também nos Jogos Estudantis Paraense (Jeps), o time de handebol da escola Fernando Pessoa vai representar o Pará nos Jogos Nacionais da Juventude, em Manaus, competição que se inicia amanhã, dia 19, e vai até o dia 24.

“A expectativa é muito boa, por já termos conquistamos dois terceiros lugares, um na Paraíba e outro em Curitiba. E este ano a gente sabe que dá pra chegar um pouquinho mais e até trazer um primeiro lugar para Parauapebas e Pará”, planeja Gentil Eduardo, treinador da equipe.

O trabalho foi iniciado no ano passado, por meio de ciclos, pois quando o aluno passa da idade de 14 anos é substituído por outros, que entram nesta faixa etária. Assim, os estudantes da Escola Municipal Fernando Pessoa, inclusos no Projeto HandPebas, tem competido Brasil afora, o que traz melhoria para os adolescentes, que por sua vez só tecem elogios. “É algo muito importante para a educação da gente, pois antes de conhecer o handebol, eu era um aluno muito inquieto. Depois que entrei no projeto, fiquei mais educado e até passei a respeitar mais meus pais e as pessoas”, confessa Vinícius Lima, goleiro da equipe.

Veja também:  Carajás handebol se prepara para estrear no campeonato 2018

Outro entusiasmado com o HandePebas é Francisco Gabriel, o qual revela ter encontrado no esporte foco para a vida. “Eu era um garoto muito atentado. E hoje estou mudando com as orientações do professor e a prática esportiva”, testemunha Francisco Gabriel.

O HandePebas é um projeto da Secretaria Municipal de Educação em parceria com a SEMEL (Secretaria Municipal de Esportes), tendo toda a atenção do secretário municipal de Educação, Raimundo Neto, que sempre acompanha de perto a modalidade e o projeto. “Vejo a inserção do esporte na educação como uma matéria a mais. Importante para que as crianças e jovens aprendam a conviver em equipe. Assim, quando estiverem trabalhando em empresa ou gerenciando uma equipe, terão excelente noção por já terem feito o mesmo em competições esportiva”, avalia o secretário Raimundo Neto.

Deixe uma resposta