Águia de Marabá empata com o Confiança-SE fora de casa e segue sem vencer na Série C

Por Fábio Relvas Não foi desta vez que o Águia conquistou a primeira vitória na Série C do Campeonato Brasileiro. O Azulão só empatou com o Confiança-SE, por 1 a …

Por Fábio Relvas

Não foi desta vez que o Águia conquistou a primeira vitória na Série C do Campeonato Brasileiro. O Azulão só empatou com o Confiança-SE, por 1 a 1, no último domingo (7), na Arena Batistão, em Aracajú, no Sergipe. O time paraense até que saiu na frente com o meio campo Flamel, mas permitiu o empate do adversário que marcou através de Almir Dias. Com o resultado o Águia somou três pontos na tabela de classificação do Grupo A da competição ocupando apenas a oitava posição.

A partida: Águia não consegue vencer!

O jogo começou com um baixo nível técnico das equipes. A primeira chance real de gol saiu apenas aos 20 minutos. Rafael Mineiro cruzou na medida para Leandro Kivel, que testou firme e sozinho cabeceou para fora, perdendo uma grande chance para o Confiança. O time da casa tentou chegar mais uma vez com Wallace Pernambucano que acabou perdendo o domínio da bola.

Águia x Confiança

A pressão do Confiança quase resultou em gol quando Diego Ceará recebeu passe na frente, dominou, parou e chutou absolutamente livre, mas errou a pontaria, levando a torcida a loucura. O Águia demorou para chegar mais quando foi marcou. A zaga vacilou e Flamel aproveitou o lance puxando contra-ataque e tocando com estilo abrindo o placar, 1 a 0, aos 39 minutos.

No segundo tempo, Almir Dias teve a chance de empatar. Ele deu uma cavadinha, mas a bola foi por cima da meta de Paulo Rafael. Só que aos nove minutos, após uma tabela de ataque, a bola sobrou para Almir Dias que mandou um chutaço, 1 a 1. Logo em seguida Diego Ceará chutou forte, Paulo Rafael realizou um milagre salvando o time paraense. O goleiro do Águia resolveu aparecer no jogo, em uma tentativa de Leandro Kivel o arqueiro salvou mais uma vez. Fim de jogo: Confiança 1 x 1 Águia.

FICHA TÉCNICA

Confiança: Everton; Rafael Mineiro, Pedrinho, João Paulo e Alex Lima; Elielton, Richardson, Wallace Pernambucano (Almir Dias) e Bibi (Rafael Magalhães); Diego Ceará (Nandinho) e Leandro Kivel. Técnico: Betinho

Águia: Paulo Rafael; Fred, Negretti e Bernardo; Daelson, Mael, Esdras, Lineker e Ednaldo (Daniel Santos); Flamel (Geovane); Monga (Charles). Técnico: João Galvão

Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)

Assistentes: Marcos Welb Rocha de Amorim (BA) e Eric Nunes (SE)

Cartões amarelos: Richardson, Pedrinho e Rafael Mineiro (Confiança); Mael (Águia)

Local: Estádio Lourival Baptista, o Batistão, em Sergipe

Público pagante: 3.051 – Renda: R$ 42,075.00

Deixe seu comentário