Governo do Estado vai asfaltar trecho paraense da Carne de Sol

Obra, fruto de convênio orçado em R$ 12,2 milhões, tem aporte de R$ 11,7 milhões da Setran e cerca de R$ 500 mil da Prefeitura de Abel Figueiredo. Ordem de serviço será assinada terça.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A pavimentação é fruto do Convênio 15/2020-Setran firmado entre a Secretaria de Estado de Transportes (Setran) e a Prefeitura de Abel Figueiredo. Por meio dele, o Governo do Pará se compromete a bancar R$ 11.686.858,66, enquanto o município de Abel oferece contrapartida de R$ 486.952,44. O convênio terá vigência até 10 de março de 2021.

De acordo com o governo local, a prefeitura não tem medido esforços para promover as melhorias necessárias nas estradas vicinais e secundárias, “por entendermos que as boas condições das mesmas estão ligadas diretamente ao desenvolvimento do município”. A gestão alega que, para elevar os índices de desenvolvimento, é importante viabilizar a trafegabilidade das estradas e que, nesse aspecto, a estrada vicinal da Carne de Sol se destaca por unir a BR-222 (que se liga com a Belém-Brasília) até a divisa com o estado do Maranhão, dando acesso à cidade de São Pedro da Água (MA).

Outro ponto relevante, segundo a gestão, é que na vila Carne de Sol está instalado um posto fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), já que o trajeto é uma das principais vias de saída da produção do Pará, o que justifica ainda mais a ação de infraestrutura. “Os desafios têm sido enormes com custos da manutenção de estradas vicinais e aumentam com a chegada do período chuvoso, quando fica mais difícil realizar serviços de conservação”, justifica o governo de Abel, alegando que “os recursos municipais não são suficientes para realizar os serviços emergenciais necessários”. Partiu disso a sintonia com o Governo do Estado, que se prontificou em pavimentar a estrada, cujo trecho maranhense já é asfaltado.