Detran inicia “Operação Trabalhador-Covid19” na estradas do Pará

A fiscalização será rigorosa e visa cumprir o decreto estadual que proibiu o transporte intermunicipal nas estradas do Estado como medidas preventivas à Covid-19
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Agentes do Detran iniciam fiscalização nas estradas do Estado

Continua depois da publicidade

Para evitar o deslocamento de pessoas entre municípios no feriado desta sexta-feira, 1º de maio, Dia do Trabalho, o Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) iniciou nesta quinta-feira, 30 de abril, a “Operação Trabalhador – Covid-19”. A fiscalização seguirá até a próxima segunda-feira, 04 e objetiva cumprir o decreto estadual, como medida preventiva  para tentar conter o avanço do novo Coronavírus.

O Detran irá  bloquear as vias de acesso aos municípios do interior do Estado e na entrada da capital paraense. Segundo o Detran, mais de 200 agentes de fiscalização estarão distribuídos em 21 municípios do Estado com barreiras montadas a fim de dar seguimento às medidas de prevenção à Covid-19.

O coordenador de operações do Detran, Ivan Feitosa, reforça que a medida visa conscientizar a importância do isolamento social neste período de pandemia. “Estaremos atuando em mais um feriado prolongando com o intuito de evitar que a circulação de pessoas seja feita de maneira aleatória. Além de fazer valer o decreto estadual, queremos conscientizar as pessoas sobre a importância distanciamento social”, ressalta o coordenador.

A fiscalização será rigorosa para cumprir medidas contra à Covid-19

A operação é integrada com a Polícia Rodoviária Estadual e fiscais da Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon- PA) que, além de fiscalizações em estradas estaduais, irá vistoriar o fluxo em praias e balneários para que não haja descumprimento do decreto e seja respeitado o isolamento social, na tentativa de frear o avanço do novo Coronavírus no Estado, que é um dos mais afetados do Brasil com a pandemia.

De acordo com coordenador de Operação, os fiscais da Arcon irão realizar vistorias diárias nos terminais rodoviários e hidroviários pertencentes ao Estado, municípios e particulares para barrar qualquer tentativa de saída de viagens intermunicipais. Quem descumprir a determinação será encaminhado à delegacia de Polícia Civil mais próxima para procedimento cabível.

Publicidade