Governador entrega hemodiálise no Regional e UTIs neonatal no Materno em Marabá

Helder Barbalho participa também da inauguração do primeiro Colégio Cívico Militar da região
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Na tarde desta terça-feira (26), o governador Helder Barbalho (MDB) entrega em Marabá o serviço de hemodiálise do Hospital Regional Público do Sudeste “Dr. Geraldo Veloso” (HRSP), ampliando o atendimento a pacientes renais na região. A ala, com 20 máquinas, chegou a ser inaugurada no final do ano passado, mas ainda faltavam algumas adequações que impediram funcionamento imediato.

Um dos principais impedimentos foi o fornecimento de água tratada, que não estava pronto. Em média, cada sessão de hemodiálise dura 4 horas, onde são utilizados de 120 a 200 litros de água, que precisa ser ultrapura, sem as substâncias presentes em um tratamento comum, como o alumínio, cloramina, fluoreto, cobre e zinco, para que não haja risco.

Após os ajustes necessários, as 20 máquinas serão entregues e poderão atender a 103 pacientes por mês, produzindo uma média mensal de 1.500 sessões. No mesmo bloco da hemodiálise já funciona a nova área administrativa da unidade e o Centro de Ensino e Pesquisa, com auditório, salas de estudo, biblioteca e salas de aula. O espaço contribui para a formação dos profissionais da área da saúde na região e, consequentemente, para a ampliação da qualidade da assistência à população.

Após a entrega das máquinas de hemodiálise no Hospital Regional, Helder Barbalho repassa ao Hospital Materno-Infantil de Marabá (HMI) quatro equipamentos de UTI Neonatal, o que representará um avanço não só ao município, mas à região, uma vez que o HMI hoje só dispõe de UCI (Unidade de Cuidados Intensivos).

Em seguida Helder, participa da inauguração dó Colégio Cívico Militar Rio Tocantins, na Folha 13, Nova Marabá, antiga Escola Rio Tocantins ou Caic, como era mais conhecida.        

Publicidade

Relacionados