Gaeco deflagra Operação Vegas contra jogos de azar, lavagem de dinheiro e corrupção

A ação fundamenta-se em procedimento investigatório criminal instaurado com o objetivo de investigar conduta ilícita consistente em integrar organização criminosa
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Estado do Pará (Gaeco/MPPA), com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Inteligência e Segurança Institucional (GSI), deflagrou na manhã desta quarta-feira, 24 de novembro, a Operação Vegas, com o cumprimento concomitante de sete mandados de busca e apreensão domiciliar deferidos pela Justiça, em endereços localizados em Belém e no Distrito de Icoaraci.

A Operação Vegas fundamenta-se em procedimento investigatório criminal instaurado no âmbito do Gaeco com o objetivo de investigar conduta ilícita consistente em integrar organização criminosa (Lei nº 12.850/2013) voltada à exploração de jogos de azar, inclusive em sites de apostas esportivas, além de corrupção de agentes públicos e lavagem de dinheiro.

Os mandados de busca e apreensão, deferidos pela Vara de Combate ao Crime Organizado do Estado do Pará, foram cumpridos em imóveis situados em Icoaraci e nos bairros de São Brás e Guamá, bem como em um estabelecimento comercial dentro de um shopping center e em imóveis de um condomínio localizados na região metropolitana de Belém.

Foram apreendidos durante a operação valores em espécie, além de uma arma de fogo. Uma pessoa foi presa. As investigações prosseguem em segredo de justiça.

(Ascom Gaeco/MPPA)