Frigorífico Xinguara é reativado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

6907O Frigorífico Xinguara (em recuperação judicial) voltou há funcionar na cidade de Xinguara. O abate de trezentos e cinquenta cabeças, na manhã desta terça-feira (14), gerou tranquilidade na economia da região sul do estado do Pará e marcou o início da retomada da atividade industrial. Empresários do setor produtivo apostam que o momento é positivo para a classe pecuarista.

Com a compra de bovinos, a indústria em funcionamento, injetará na economia local aproximadamente 30 milhões de reais por mês. No pagamento de funcionários diretos, circulará no comércio da cidade aproximadamente dois milhões de reais.

Segundo o coordenador regional de arrecadação (SEFA) Nivaldo Brederode, o frigorífico Xinguara é responsável pelo recolhimento médio de 800 mil reais por mês em impostos de ICMS aos cofres do estado. Este recurso é utilizado para a manutenção dos serviços e obras públicas do governo.

Outro aspecto positivo do funcionamento da indústria frigorífica Xinguara S/A,é elevar o valor adicionado do município, onde o estado repassa diretamente ao município sua cota de ICMS. Com a paralisação, este valor caiu nos últimos sessenta dias.

“Trata- se de uma vitória da população, que terá de volta o funcionamento de uma indústria que é extremamente importante para o desenvolvimento do município e região” finalizou Francisco Vícter,presidente da Uniec (União Nacional de Indústrias Exportadoras de Carne).

Emprego

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) mostra que a pecuária está entre os setores que contribuiu para gerar novos postos de trabalho em 2012, no Pará. Atualmente Xinguara ocupa posição significativa neste ranking, devido à indústria frigorífica ser a maior fonte privada de emprego.

Para manter este posicionamento, na terça-feira (14), o Frigorífico Xinguara (em recuperação judicial), que atualmente emprega 600 pessoas, retomou suas atividades operacionais. E abateu aproximadamente 350 animais. Tornando mais estável e segura a economia local.

“Agora, a economia de Xinguara fortalece novamente. Com esta unidade beneficiadora de matéria prima em funcionamento” Afirmou, Francisco George, empresário rural.

O mercado atacadista nacional de carne viu como positivo a reativação da unidade frigorífica. A empresa busca o reposicionamento no mercado. E visa garantir empregabilidade e melhoramento na economia xinguarense e de toda região. A nova direção operacional busca meios para que não haja demissões e quitação de dividas com fornecedores.

“Ganha com isso Xinguara, que tem um rebanho estruturado, servindo de referência para o Brasil, além da população, que passa a ter empregos diretos e indiretos com a retomada das atividades” disse o prefeito, Osvaldo de Oliveira Assunção Júnior.

Publicidade