Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Breu Branco

Fiscalização fecha revendedoras de gás de cozinha em Breu Branco

Dois estabelecimentos comerciais foram lacrados e 569 botijões apreendidos

Três empresas foram autuadas em flagrante por venda clandestina de gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, na cidade de Breu Branco, em uma operação conjunta da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Secretaria de Estado da Fazendo do Pará (Sefa) e Polícia Civil, que resultou ainda na interdição de dois revendedores e na apreensão de 569 botijões.

De acordo com a Sefa, a operação foi deslanchada após o órgão governamental ter recebido denúncias de venda clandestina de gás de cozinha em Breu Branco, Goianésia do Pará e Novo Repartimento.

“Mas, apenas em Breu Branco foram constatadas irregularidades no armazenamento dos botijões, o que levou o fechamento de duas revendedoras, e a comercialização do produto sem nota fiscal”, disse um dos fiscais, que pediu anonimato do seu nome. As três empresas autuadas tiveram de pagar multa de R$ 16,7 mil para a liberação de 569 botijões. A informação é do portal de notícias Agora Breu Branco.

Ao final da operação, duas empresas foram fechadas e três autuadas em flagrante por comercialização ilegal de botijões de gás em Breu Branco, no sudeste do Pará. A ação foi feita por uma operação conjunta entre os dias 28 e 30 de agosto.

Antonio Barroso – de Jacundá
(Foto: Agora Breu Branco)

Deixe uma resposta