Federação Paraense de Futebol poderá reunir com os clubes para definir o futuro do Parazão

Devido a pandemia do Coronavírus a competição estadual paralisou após a 8ª rodada
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Campeonato Paraense de 2020 teve que ser paralisado devido a pandemia do Coronavírus. A competição foi suspensa pela Federação Paraense de Futebol (FPF) com oito rodadas disputadas, restando apenas duas para terminar a primeira fase da competição, onde se conheceriam os quatro times que avançariam para as semifinais e os dois rebaixados para a Segundinha do Parazão. Até o momento, nenhuma previsão quanto ao retorno do estadual, o que vem gerando algumas especulações.

“Tudo é especulação. Não tem nada certo ainda com relação ao destino do Campeonato Paraense. Tudo que falarem é especulações. Vão dizer que acham isso, acham aquilo outro e na verdade o destino e o futuro do campeonato estão nas mãos do presidente da federação e consequentemente da diretoria. Ainda não temos nada de concreto, nada na cabeça se quer pelo menos para dizer que poderá ser assim, assado ou cozido. A gente está passando por um momento de total incerteza”, disse Silvio Saraiva, diretor de competições da FPF.

Assim como todos os clubes que estão disputando o Parazão, a FPF também paralisou as suas atividades, respeitando o decreto do governador do estado do Pará, Helder Barbalho. A casa do futebol, como é chamada a federação, com sua sede em Belém, vêm perdendo boas receitas com a paralisação do estadual. Dependendo do andamento da pandemia do Covid-19, a FPF deverá sentar com os clubes para debater o futuro do Parazão.

“Estamos com tempo imprevisível, nada a gente pode fazer e respeitamos o decreto do governador. Se o decreto do governador for suspenso agora no final do mês, vamos nos reunir, chamar os clubes e ver o que eles querem, o que acham que deve ser feito, mas com o decreto em vigor, a gente não pode fazer nada e nem pensar em fazer alguma coisa. Isso tudinho é especulações que estamos vivendo em momento de incerteza”, afirmou Silvio Saraiva.

O presidente do Carajás Esporte Clube, Luiz Omar Pinheiro, declarou que é a favor da Federação Paraense de Futebol encerrar a competição e deixar a classificação como terminou antes da paralisação, dando o título estadual ao Paysandu Sport Club, já que lidera a tabela de classificação do Parazão até então, com 19 pontos, e sem rebaixamento de nenhum clube para a temporada de 2021.

“Na verdade isso pode ser um processo que o Carajás Esporte Clube deve está querendo que faça ou deve ser uma ideia do Luiz Omar Pinheiro, mas isso não chegou aos nossos ouvidos e quando chegar oficialmente, claro, nós vamos analisar. A última palavra vai ser do nosso presidente Adelcio Torres, ele que vai decidir qual é a melhor forma da gente conduzir esse problema”, finalizou Silvio Saraiva.

Por Fábio Relvas

Publicidade