‘Exu Caveira’ tenta, mas não consegue levar dois para o cemitério em Parauapebas

André da Silva Barbosa e Márcio dos Santos Silva foram baleados pelo indivíduo conhecido como Exu Caveira e Caveirinha em um cruzamento do Bairro Betânia
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

André da Silva Barbosa, 28 anos, e Márcio dos Santos Silva, 41, foram internados às pressas na noite de ontem, 10, por volta das 22h20 no Hospital Geral de Parauapebas. Ambos foram vítimas de tentativa de homicídio cometida pelo indivíduo conhecido apenas como Exu Caveira e Caveirinha, já bastante visado no meio policial como integrante de uma das facções criminosas em constante guerra pelo domínio do tráfico de entorpecentes em Parauapebas.

André Barbosa estava em um bar na esquina das ruas Macedônia e Apóstolo Paulo, no Bairro Betânia, quando o atirador chegou, a pé e disparou cinco tiros contra ele, quatro no rosto e um no peito.  Márcio Santos foi atingido por uma bala também na região torácica e foi socorrido por familiares, enquanto André foi removido pelo Samu.

Mesmo muito ferido, ele reconheceu Caveirinha por meio de foto mostrada pelos policiais em um telefone celular. André contou ainda que responde a processo pelo crime de tráfico de drogas. O atirador, após fazer os disparos, fugiu a pé para o alto de um morro próximo do local da tentativa de homicídio.

(Caetano Silva)