Ex-presidente da Vale Roger Agnelli morre em queda de avião em São Paulo

Continua depois da publicidade

Avião de Roger Agnelli cai em SPRoger Agnelli, ex-presidente da Vale, morreu hoje aos 56 anos, em um acidente de avião. Ele estava acompanhado da esposa, dois filhos a nora e o genro. Todos morreram, inclusive o piloto.

A aeronave caiu na Zona Norte de São Paulo, pouco depois das 15h, a cerca de 200 metros da pista de pouso do Campo de Marte. Roger foi o responsável pelo processo de internacionalização da Vale, o que a tornou a segunda mineradora do mundo. O avião caiu em cima de uma casa, mas os cinco moradores sofreram ferimentos leves. Morreram os sete ocupantes da aeronave.

O empresário comandou a Vale entre 2002 e 2011.

Durante a crise econômica mundial de 2008, ele entrou em conflito com o governo ao demitir milhares de pessoas, o que provocou a ira do então presidente Lula. Mas o executivo não recuou. Antes de assumir a presidência da Vale, Roger trabalhou no Bradesco, onde chegou muito jovem. O Bradesco é um dos principais acionistas da mineradora, que foi privatizada em 1996.

Em setembro de 2011, durante a cerimônia em que receberia um prêmio em NovaYork, a presidente Dilma Rousseff teve uma surpresa: recebeu uma rosa. Mostrando que não guardava mágoas por ter saído da presidência da Vale por pressão do governo, Agnelli pegou uma flor de um arranjo e entregou à presidente. No começo de 2015, ele chegou a ser cotado para substituir Graça Foster no comando da Petrobras.

Tragédia

O avião é do modelo CA-9, Prefixo PR-ZRA. O acidente ocorreu na rua Frei Machado, número 110. Segundo o major do Corpo de Bombeiros Hengel Pereira,”Poderia ter sido muito pior. Por mais triste que seja, o resultado foi o menor possível”, afirma. O veículo bateu na garagem da casa e afetou a estrutura do imóvel. A casa foi interditada pela Defesa Civil por risco de cair.

3 comentários em “Ex-presidente da Vale Roger Agnelli morre em queda de avião em São Paulo

  1. Queiroga Responder

    Uma mente brilhante acaba de morrer em um acidente aéreo.

    Acaba de nos deixar de maneira trágica um dos homens mais brilhantes que conheci, o ex presidente da Vale, Roger Agnelli.

    Deu a sua gestão enquanto presidente a marca da inovação administrativa o que levou a empresa aos mais altos patamares.

    Roger foi um grande executivo que modernizou as empresas por onde passou.

    Líder estimado por todos.

    Uma grande perda para o Brasil!

  2. Herbert Viana Responder

    O Brasil perde um grande talento, um dos maiores executivos que este país já teve.

    Grande perda, nos deixa muito tristes, pois os melhores brasileiros vão cedo.

    Um perfil como do Roger fará muita falta, um homem gerador de riquezas, de oportunidades, de sonhos, enquanto homens deste porte partem, temos que aturar os medíocres que afundam as empresas e outros que envergonham a política.

    O Brasil vem tomando muitos golpes duros, a morte do Roger é mais um.

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: