Pará

Estudantes e lideranças de Itupiranga rascunham futuro ambiental do município

Programa de Educação Ambiental da Eletronorte (PEA) promoveu Oficina de Educação Ambiental e ajuda alunos e professores a desenharem “A árvore dos sonhos” para a sustentabilidade

Com o objetivo de promover a consciência ambiental entre estudantes e lideranças das comunidades, o município de Itupiranga recebeu a equipe técnica do Programa de Educação Ambiental da Eletronorte (PEA), que promoveu na última quinta-feira (8) uma Oficina de Educação Ambiental para estudantes, professores e lideranças na Escola Estadual “Albertina Barreto Costa e Silva”.

 A palestra é direcionada para a construção de propostas que vão compor a Agenda 21 naquele município. Na programação, aconteceram ainda as discussões em grupo onde alunos e professores puderam desenhar “A árvore dos sonhos” para a sustentabilidade do município. A Eletronorte ainda doou de 200 mudas de diferentes espécies de árvores nativas da região.

Edilene Silva, educadora ambiental, explica que o PEA promove ações educativas como oficinas educativas, além de outras com as temáticas de cadeia produtiva de agricultura familiar e pesca artesanal, sendo estas atividades complementares às políticas públicas de educação ambiental dos municípios e dos demais órgãos de gestão ambiental. 

A intenção é repassar informações, desenvolver ações como as oficinas de educação ambiental nas escolas, e por meio de palestras informativas sobre temas relacionados ao meio ambiente, trilhas monitoradas, entre outras atividades, contribuir para consolidação da consciência ambiental nos municípios do entono do lago de Tucuruí.

Essa oficina também contribui para que os alunos possam participar da Conferência Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA). Os projetos elaborados buscam incentivar a mobilização e a ação sobre a dimensão política e social da questão ambiental nas unidades escolares de cada município.

Alunos das escolas “Antônio Braga e Chaves” e “Irmã Tereza”, do 6º ao 9º ano, também participaram da atividade. Matheus Santos, aluno 2° ano ensino médio, fala sobre a importância do meio ambiente.

Oriundo da zona rural, ele destaca a importância de preservar a floresta e o meio ambiente. Para ele, a realização de atividades voltadas para a conscientização dos jovens é muito importante para a manutenção do meio ambiente.

Paulo Ricarto, professor, coordenador ONG Geotur – G-13 e Com-Vida, afirma que a atividade é importante, pois os estudantes podem ver que são os protagonistas em promover a educação ambiental para a sociedade, não somente na escola. As atividades abrem a possibilidade de propor projetos para a gestão municipal. Um exemplo é o projeto de arborização das ruas e localidades em Itupiranga, que já está sendo executado pela Secretaria de Meio Ambiente.

Para isso, alunos e professores criaram o grupo Geotur – G-13 que tem buscado parcerias com entidades como universidades, prefeitura, a Eletronorte, entre outros. Essas parcerias são muito importantes para a realização dos projetos. “A ajuda da Eletronorte, que tem sido parceira, já possibilitou a realização, por exemplo, do Roteiro Geo-Turístico de Itupiranga. A arborização também é outro exemplo positivo que tem muito de contribuição da Empresa. A Eletronorte doou para a arborização da cidade mais 200 mudas que serão plantadas em Itupiranga”, destaca o professor.

A Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na Escola (Com-vida) é um bom exemplo, pois mostra que a melhoria da qualidade de vida pode vir a partir do meio ambiente conservado e recuperado.

Fortalecer o Com-vida na escola como um espaço de educação permanente, bem junto e integrado com a comunidade escolar é importante para a construção de projetos coletivos. Nesse contexto, a Agenda 21 é um importante instrumento para ampliar as ações de educação ambiental, pois possibilita o diálogo com a comunidade da rua, do bairro, da quadra, do município e nos faz perceber que comunidades sustentáveis só acontecem por meio de parcerias.

Deixe seu comentário