Estarrecedor: Trio de meninos amarra, espanca e mata criança de cinco anos em Marabá

O caso escabroso aconteceu na Vila Capistrano de Abreu, zona rural do município. Há suspeita de que a pequena vítima tenha também tenha sido estuprada, mas os meninos negam

Continua depois da publicidade

O caso, que, vem chocando a todos os que tomam conhecimento, aconteceu na tarde de quarta-feira (16), mas até a manhã de ontem (17), quando o cadáver de Júlio Henrique de Miranda da Silva, de 5 anos, foi encontrado em uma represa, ninguém sabia ao certo o que havia acontecido.

Porém, ao observar o corpinho da criança, nu, com as mãos amarradas para trás e com marcas de chicotadas nas costas, todos, mãe, avó, vizinhos e amigos da família e amigos tiveram certeza de que ele havia sido trucidado e talvez estuprado. Mas, por quem? Quem seria capaz de tanta atrocidade?

Três meninos. Sim. Três meninos, com idades de 9, 11 e 13 anos, deram cabo à vida da criança, que no dia do crime, saiu da creche, mas nunca chegou em casa. Mãe, avó, parentes e vizinhos, desesperados, começaram as buscas, que entraram pela noite de quarta e madrugada de quinta, mas nada encontraram.

Pela manhã, veio a trágica notícia: Júlio Henrique foi retirado, morto, da represa. A Polícia Militar foi imediatamente comunicada.  O sargento Jordeilton e soldado Willie logo chegaram e passaram a investigar. De uma testemunha, receberam a informação de que um menino foi visto nas redondezas da represa na tarde anterior.

Localizado, o garoto confessou ter participado do crime e apontou os outros dois. Indagados sobre o que os levou a cometer a barbaridade contra a criança, eles disseram que se tratava de uma brincadeira envolvendo jogo de peteca e detalharam a participação de cada um: o primeiro surrou a criança com fio elétrico, o segundo tirou as roupas e o terceiro amarrou as mãos do garoto e o empurrou de cabeça na represa.

Na tarde de ontem, eles foram conduzidos até a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, acompanhados dos pais. O de 9 e o de 11 anos, pela mãe; e o de 13 anos pelo pai.  O Conselho Tutelar foi chamado e o Ministério Público da Infância e da Juventude foi comunicado.

O garoto de 13 anos será internado no Ciam (Centro de Internação do Adolescente Masculino). Os meninos de 9 e 11 anos ainda estão sob a responsabilidade do Conselho Tutelar, até que haja uma decisão sobre eles.

Eleuterio Gomes – de Marabá

4 comentários em “Estarrecedor: Trio de meninos amarra, espanca e mata criança de cinco anos em Marabá

  1. Patrícia Responder

    Nossa lei deveria mudar…deveria ser mais rígida…menores deveriam ser presos sim…nos Estados Unidos menor tbm é preso…Pq aqui não?
    Deveria sim aparecer o rosto desses maldosos.
    Vão crescer achando que é normal ser impiedoso …devem pagar sim…pelo mal que fizeram…seus responsáveis tbm….e outra …Como pode uma criança de 5 anos sair da creche e ir sozinha pra casa? Onde estavam os responsáveis? Agora só resta a culpa e o remorso por não cuidar direito de um pequenino de 5 anos como ele deveria ser cuidado.

  2. Eu Responder

    O garoto que é vítima é exposto, já os assassinos não…
    Assim como fizeram com a vítima, deveriam divulgar o nome das crianças impiedosas, e seus responsáveis (que tem parte da culpa, pela educação que deram para desses “selvagens”)
    Deveriam divulgar até pelo bens de outras crianças

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: