Estado reúne com os 144 prefeitos paraenses para alinhar ações

A reunião serviu para troca de informações, esclarecimento de dúvidas e orientação sobre apresentação de projetos, legislação e planos de trabalho
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Prefeitos dos 144 municípios do Pará estão em Belém, nesta quinta-feira (4), participando da reunião de gestão do governo do Estado. O encontro, que contou com a presença do governador Helder Barbalho e o do vice, Lúcio Vale, é realizado na Universidade da Amazônia (Unama), e tem como objetivo alinhar sobre os convênios, programas e ações governamentais com impacto direto nas cidades paraenses.

A reunião serviu para troca de informações, esclarecimento de dúvidas e orientação sobre apresentação de projetos, legislação e planos de trabalho, além ser um momento importante para que o governo compartilhe com os prefeitos suas principais diretrizes de atuação, prioridades deste ano e de que forma os municípios podem ser parceiros na construção das políticas públicas.

O prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, elogiou a postura do governo do Estado em ter se aproximado do interior, que, historicamente, tem sido esquecido. “Temos visto que o governador tem se preocupado conosco, tem nos ajudado, principalmente, nós, que somos do interior. Fazer um governo que realmente ouça os prefeitos e os municípios é fundamental, e nós estamos muito felizes por isso, por sermos ouvidos, por participar dos debates e, principalmente, por contribuir com o nosso Estado”.

Educação – A agenda iniciou às 8h, com uma apresentação da secretária de Estado de Educação, Leila Freire, que abordou o tema “Desafios da Educação no Estado do Pará”. A gestora divulgou os resultados dos Encontros Regionais de Educação que vêm sendo realizados desde maio, bem como o andamento das obras de escolas.

“É um diálogo que continua, um canal que está sempre aberto, iniciado pelos encontros regionais com gestores de Ures e Uses, e os dirigentes municipais de educação. Nesse momento, o governo reúne com prefeitos e prefeitas para discutir a questão da educação e também outras agendas, como obras e convênios. É um Estado presente que busca, de forma coletiva e democrática, o diálogo e estabelecer as ações estratégicas para a superação dos desafios”, destacou Leila Freire.

Programação – O encontro prossegue, na tarde desta quinta (4), com as apresentações dos secretários de obras (Sedop), planejamento (Seplan), transporte (Setrans) e Casa Civil. Cada gestor vai informar o que está sendo planejado e/ou executado nos municípios.

Para o governador Helder Barbalho, além de mostrar a parceria, e a relação de gestão entre Estado e municípios, o foco é o envolvimento dos 144 municípios na construção de um Pará melhor.

“Temos um planejamento para as escolas estaduais, para melhorar o índice de desenvolvimento da educação, porém, é fundamental o envolvimento dos municípios. A avaliação se dá para todos os paraenses, independente se são alunos da rede estadual ou municipal, e é por isso que convidamos todos os prefeitos, para esse compromisso em favor da educação, da melhoria da qualidade de nossas escolas, da valorização profissional”, destacou. “Queremos, acima de tudo, que alunos e pais estejam no único sentido de promover uma educação de qualidade no Pará”.

Helder ressaltou que, essa semana, começará a reforma de 100 unidades de ensino que são consideradas as piores em condições físicas, para que, na volta das férias, os alunos possam estar em um ambiente mais adequado. “Nós temos 933 escolas no Estado. Dessas, 600 necessitam de recuperação e esse é o nosso foco. Vamos reconstruir, recompor e reestruturar, mas além da estrutura física, é fundamental a melhoria no transporte e merenda escolar, o envolvimento de alunos e pais juntos com os nossos professores, para que esse movimento possa resultar na transformação da educação no Pará”, complementou.

Apresentação – Um dos momentos marcantes do encontro foi a apresentação de tango feita pelo casal Ana Paula Borges de Lima e Everaldo Oliveira, que tem síndrome de Down e são atendidos pelo Centro Integrado de Educação Especial (CIEES), administrado pela Secretaria de Educação (Seduc).

Ao final da apresentação, emocionada, Ana Paula agradeceu a todos pela atenção e brincou com o governador. “Eu gostei muito de ter me apresentado. Minha mãe está no céu, olhando por mim, mas aqui tem a minha segunda mãe, minha irmã e meus professores. O governador é muito bonito e elegante, nossa!”, elogiou.

Publicidade

Relacionados