Parauapebas

Escolhida vencedora da obra da estrada de acesso ao Itacaiúnas, em Parauapebas

Construtora MCS topou fazer serviços por R$ 9,4 milhões, meio milhão mais barato que valor estimado pela prefeitura, e desbancou concorrentes, que cogitaram trabalhar por muito mais.

Foi anunciado na edição desta segunda-feira (19) do Diário Oficial da União (DOU) o nome da vencedora da licitação 3/2018-023, organizada pela Secretaria Municipal de Obras (Semob). A MCS Manutenção, Construção & Serviços Ltda ficará responsável pelos serviços de drenagem e obras de arte especiais da rodovia de acesso ao Itacaiúnas, na zona rural de Parauapebas. A publicação com o resultado da ganhadora do certame pode ser conferida aqui.

A prefeitura estimou gastar R$ 9.952.112,33 com o processo, mas a MCS se ofereceu em pegar os serviços R$ 9.395.667,89 pela execução do trabalho, desbancando as concorrentes habilitadas (o Consórcio Horizonte Construtora – MSL Construções, que ofereceu R$ 9.828.392,93, e a JM Terraplenagem e Construções Ltda, que deu R$ 10.319.418,42 de lance).

O Blog do Zé Dudu folheou o edital da licitação e apurou que a estrada de acesso ao Itacaiúnas será pavimentada por meio de convênio de número 863787, firmado em 2017, entre a Prefeitura de Parauapebas e o extinto Ministério da Integração Regional. Colonos e estudantes que dependem de transporte escolar nas comunidades da vila Carajás, Tapete Verde, Rio Branco e Jerusalém serão beneficiados com a obra, que vai possibilitar a fluidez do tráfego rural e a melhoria no escoamento da produção.

O convênio, no entanto, não contempla obras de drenagens profundas e as de artes correntes e especiais necessárias para garantir a estabilidade de taludes e aterros. Por essa razão, a Semob resolveu abrir procedimento licitatório complementar com vistas a garantir a integridade do projeto e a maximização dos resultados. A estimativa é de que cerca e 100 postos de trabalho sejam criados.

Deixe seu comentário