Em Paragominas, madeireiros atiram contra fiscais, policiais e índios

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Fiscais do Ibama, policiais militares e índios foram alvo de tiros disparados ontem por madeireiros na Terra Indígena Alto Rio Guamá, em Paragominas, no Pará, enquanto faziam a medição de madeira apreendida na área. O ataque foi divulgado pelo Ministério Público Federal no Pará, que pediu reforço policial urgente e alertou a Polícia Federal, a Funai e a Secretaria de Segurança Pública do Pará.

Segundo o MPF, não há notícia de feridos, mas um índio e dois policiais estariam na mata, sem contato: “Há relatos de que os agentes foram rendidos e se encontram perdidos no local. A Funai informou, ao telefone, que os madeireiros retiveram as armas dos agentes. Um indígena está perdido. Solicito, com urgência, o apoio desse Batalhão”, escreveu o procurador da República Gustavo Oliveira, em ofício enviado ao Batalhão de Polícia Ambiental do Pará.

Com informações de O Globo

Publicidade

Posts relacionados