Eleitorado de Lula está concentrado na região metropolitana de Belém, aponta estudo do Instituto Doxa Pesquisas

Eleitores do ex-presidente não votam em candidatos do PT para o Senado e para a Câmara dos Deputados
Ex-presidente Lula terá problemas para eleger base de apoio no Congresso Nacional se depender de seus eleitores no Pará

Continua depois da publicidade

Brasília – Após a publicação do estudo que analisou o perfil de eleitores que votam na reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL), o Instituto Doxa Pesquisas, publicou o perfil do principal adversário, segundo as pesquisas até agora registradas no Tribunal Superior Eleitoral. De acordo com o levantamento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem uma concentração de votos de votos apenas na região Metropolitana de Belém, cuja soma dos colégios eleitorais definem qualquer eleição no Pará. Mas, o que mais chama a atenção na pesquisa deve ser motivo de preocupação para a cúpula petista. O estudo revela que os eleitores petistas não votam em candidatos do PT ao Senado Federal, nem à Câmara dos Deputados, o que deve implodir a Bancada do partido no Congresso Nacional nas eleições desse ano.

O estudo de da Doxa Pesquisas, cruzou os dados do Banco de Dados do levantamento da última pesquisa feita em todos o território paraense (ver dados no final dessa reportagem).

Como no estudo anterior, foram adotados como critério as seguintes categorias: mesorregiões, cidades, sexo, faixa de idade, renda, escolaridade, religião, ocupação. Além disso, foi identificado em quem o eleitor Lulista votará para o governo do estado do Pará, em quem vota para o Senado e para Deputado Federal; assim como foi aferido como este eleitor avalia o governo de Helder Barbalho (Governador) e de Bolsonaro (Presidente da República). Foi sondado também, se o eleitor lulista tem conhecimento do envolvimento de Helder Barbalho em corrupção.

Foi analisado o perfil dos 43,0% de intenção de voto que tem, hoje, Lula no estado do Pará.

Distribuição de votos por Mesoregiões
Quando analisada a distribuição dos votos de Lula pelas seis mesorregiões do estado, foi verificado que a maior concentração dos votos está nas mesorregiões Metropolitana, representando 45,0%. O Nordeste representa 18,8% dos votos lulistas; e o Sudeste, 15,2%. Lula seria derrotado nas demais mesorregiões.

Extrato de 7 cidades
Ao analisar do ponto dos eleitores, o levantamento revela quais são as 7 (sete) cidades paraenses mais lulistas: Belém, Ananindeua, Marabá, Breves, Abaetetuba, Barcarena e Cametá.

Gênero
O eleitor de Lula é mais do sexo feminino, 52,3%; no entanto, o percentual de homens é grande, 47,9%.

Faixa etária
Em se tratando de faixa de idade, a concentração dos votos de Lula está na faixa de 22 a 29 anos, 29,8% e 30 a 44 anos, somando as duas faixas de idade o resultado é de 59,5%.

Escolaridade
Quando falamos de nível de escolaridade, os eleitores de Lula estão concentrados no Ensino Médio, 57,4% e fundamental, 25,5%.

Renda familiar
Agora, em se tratando de renda familiar, a maior concentração, 53,1%, é na faixa de Acima de 0 a 1 Salário Mínimo. Depois aparece na faixa acima de 1 até 2 salários mínimos, 34,9%.

Credo religioso
Quando se trata de credo religioso, o eleitor de Lula, em sua maioria, é católico, chegando a 60,7%. Os evangélicos representam apenas 24,0%.

Ocupação
Quanto à ocupação, o eleitor lulista no Pará está concentrado no Autônomo (pequeno empreendedor), representando 21,5% dos votos. Depois vem o estudante com 17,5%, seguido da dona de casa, 13,7%. O empregado da iniciativa priva representa 12,2%.

Aprovação de governo
O estudo aponta o comportamento eleitoral dos lulistas em relação à aprovação e desaprovação do governo de Helder Barbalho (MDB). O estudo mostra o seguinte quadro: 82,7% dos eleitores de Lula estão aprovando o governo de Helder; enquanto apenas 12,2% desaprovam. Quando avaliam o governo de Bolsonaro, 83,9% estão desaprovando; apenas 8,8% aprovam.

Intenções de votos para o Governo estadual
Quanto ao voto dos lulistas para governo do estado, 78,1% estão votando em Helder Barbalho; enquanto apenas 3,2% votam em Zequinha Marinho; Cleber Rabelo recebe 1,8% e Major Marconi, 0,5% dos votos lulistas.

Intenções de votos para o Senado Federal
Quando aplicado a pergunta: Em relação aos candidatos ao senado, como estão votando os eleitores de Lula? O estudo mostra que 30,2% votam em Márcio Miranda (PTB). A segunda maior votação lulista vai para Manoel Pioneiro (PSDB), 7,8%; em seguida Flexa Ribeiro recebe 7,0% dos votos lulistas; Beto Faro (PT), 6,1% e Mário Couto, 5,4%.

Intenções de votos para Deputado Federal
Como no questionário para o Senado, uma pergunta específica foi formulada para o eleitor responder sobre sua intenção de votos à deputado federal. Em ambos os casos, o resultado, após a tabulação dos dados foi surpreendente e aponta que os eleitores de Lula não votarão em candidatos do PT à Câmara Federal.

O estudo identifica em quem os lulistas paraenses estão votando para deputado federal. Em primeiro lugar ficou Márcio Miranda, 18,1%; depois vem o delegado Eder Mauro, 9,1%; delegado Eguchi recebe 4,1% dos votos de Lula; Priante recebe 4,0%; Joaquim Passarinho recebe 3,3%; Úrsula Vidal e Cássio Andrade recebem, ambos, 3,1% dos votos de Lula.

Percepção de corrupção
O estudo mostra como pensa o eleitor lulista em relação ao governo Helder a partir da seguinte questão: “Você acha que o governo Helder Barbalho está ou não envolvido em corrupção?”. Os lulistas estão divididos em relação a essa questão: 31,8% afirmam que o governo está envolvido em corrupção; enquanto 30,1% dizem que não está envolvido. Outros 25,0% são indiferentes; e 13,1% não quiseram se manifestar.

Peso na decisão do voto
Em relação à decisão do voto por causa dessa situação, 39,6% dos lulistas afirmam que diminui a vontade de votar em Helder; e outros 47,8% acham que isso não interfere na decisão do voto.

Meios de informação
Foi indagado ao eleitor pesquisado, por qual meio de comunicação os lulistas mais se informam sobre as coisas que acontecem no estado? A grande maioria se informa pela internet, 52,8%. Depois vem a televisão, aparecendo com 41,2% de citações.

Dados da pesquisa
Nome da pesquisa:
Contexto eleitoral no Estado do Pará
Margem de erro: A margem de erro estimada é de 2,25 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.
Tema: Administração Pública/Eleições/Opinião Pública.
Execução: Doxa Pesquisa
Registro no T.R.E/PA: Nº PA-07254/2022
Período: 09 a 14 de maio de 2022
Local: Estado do Pará
Amostra: Foram entrevistados 2.000 eleitores.

Veja os quadros completos aqui.

Reportagem: Val-André Mutran – Correspondente do Blog do Zé Dudu em Brasília.

4 comentários em “Eleitorado de Lula está concentrado na região metropolitana de Belém, aponta estudo do Instituto Doxa Pesquisas

  1. Pingback: Coluna Direto de Brasília #Ed. 212 – Por Val-André Mutran - ZÉ DUDU

  2. Jean Queiroz de Almeida Responder

    É preciso só uma atualização, não existe mais mesorregião.
    Desde 2017, o IBGE essas foram substituídas por Regiões Geográficas.

  3. Pingback: Eleitorado de Lula está concentrado na região metropolitana de Belém, aponta estudo do Instituto Doxa Pesquisas – Brazil

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: