EB atuou para garantir a manutenção de serviços essenciais no Norte do País

As ações integradas do Exército Brasileiro garantiram a integridade da sociedade e dos caminhoneiros, que deram o apoio necessário para o abastecimento básico da população da Amazônia Oriental durante os 12 dias de manifestações.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Entre os dias 25 de maio e 1º de junho, O Exército Brasileiro, através do Comando Militar do Norte (CMN) realizou diversas ações de escolta e segurança no Pará, Amapá, Maranhão e norte do Tocantins, durante a Operação São Cristóvão. Todas foram finalizadas com tranquilidade e estabilidade.

Os militares trabalharam para a garantia e manutenção dos serviços essenciais à sociedade e contaram com o apoio da população. Foram mais de 1,3 milhão de litros de combustível escoltados pelos militares do CMN, que mantiveram os trabalhos da saúde e segurança nas áreas mais atingidas pela paralisação dos caminhoneiros.

Outro destaque foi o auxílio no transporte de insumos da Companhia de Saneamento do Pará, para que a população de quatro municípios do estado pudesse consumir água tratada em suas residências. O cenário positivo é resultado do trabalho integrado e contínuo com os órgãos de segurança pública, como a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social e a Polícia Rodoviária Federal.

As ações integradas garantiram a integridade da sociedade e dos caminhoneiros, que deram o apoio necessário para o abastecimento básico da população da Amazônia Oriental durante os 12 dias de manifestações.