Dom Eliseu: Servidor público é fuzilado por pistoleiros em mesa de carteado

O crime aconteceu no início da noite desta segunda-feira (6). A vítima morreu sentada na cadeira em que estava
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Emílio Barbosa foi morto na mesa do bar onde jogava baralho

Continua depois da publicidade

Uma dupla de pistoleiros em uma motocicleta matou a tiros, na noite desta segunda-feira (6), Emílio Barbosa, que era servidor da Prefeitura de Dom Eliseu, no sudeste do Pará. O crime aconteceu por volta de 18h, em um bar conhecido como “Cassino”, localizado na Rua Gonçalves Dias, esquina com a Rua São Geraldo, no Bairro da Esplanada, onde a vítima se divertida jogando carteado.

Segundo testemunhas, os assassinos chegaram ao local em uma moto Bros e o criminoso que vinha na garupa desceu do veículo e se aproximou de Emílio pelas costas e, em seguida, atirou quatro vezes na cabeça dele, que morreu sentado na cadeira onde estava. O pistoleiro, ainda de arma em punho, imediatamente saiu do bar, montou na garupa da motocicleta e fugiu com o comparsa para rumo ignorado. 

A Polícia Militar foi acionada e fez o isolamento do local de crime, assim como ainda realizou buscas para tentar localizar os assassinos. Segundo familiares, Emílio Barbosa era servidor público e ocupou o cargo de diretor do Mercado Municipal de Dom Eliseu, durante a gestão do ex-prefeito “Pinduquinha”.

Eles disseram não saber o que teria motivado a morte do servidor. O crime já está sendo investigado pela Polícia Civil, que vai analisar imagens de câmeras de segurança de áreas próximas para tentar identificar os assassinos, que seguem foragidos.

Tina DeBord