Dom Eliseu: Sefa apreende 1.200 garrafas de cachaça em meio à carga de granito

O flagrante foi feito nesta segunda-feira (6), durante fiscalização na rodovia BR-010. A carga foi despachada no Espírito Santo e tinha como destino Belém
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
As garrafas de cachaça estavam escondidas em meio ao granito

Continua depois da publicidade

Fiscais da Secretaria da Fazenda do Pará (Sefa) apreenderam 1.200 garrafas de 900 ml de aguardente, que viajavam sem documentação fiscal, escondidas no meio de um carregamento de granito. O flagrante foi feito nesta segunda-feira (6), na Unidade de Coordenação de Mercadorias em Trânsito do Itinga, na BR-010, em Dom Eliseu, sudeste do Pará.  

Segundo a Sefa, a mercadoria foi despachada no Espírito Santo e tinha como destino Belém. O valor da mercadoria é de R$ 16.222 mil e foram lavrados dois Termos de Apreensão e Depósito (TAD), no valor total de R$ 10,997 mil, referentes a imposto mais multa.

De acordo com o coordenador da unidade fazendária no Itinga, Roberto Mota, a carreta parou no posto fiscal e o motorista alegou que transportava somente um carregamento de granito.

“Ao fazer a verificação in loco da mercadoria, encontramos a aguardente de cana, sem documentação fiscal. Foi solicitado ao motorista a condução do veículo para o depósito para conferência da quantidade e, somente após três horas, ele obedeceu. Por isso foi aplicada uma multa por embaraço à fiscalização,” informou, frisando que a mercadoria segue retida no depósito, esperando o pagamento dos impostos. 

Tina DeBord – com informação da Sefa