Marabá

Disque Denúncia Sudeste do Pará divulga balanço das atividades

Foi um aumento de 156% nos atendimentos em relação ao ano passado. O balanço anual de 2015 foi divulgado ainda esta semana (14), pela assessoria de comunicação do Disque Denúncia …

Foi um aumento de 156% nos atendimentos em relação ao ano passado.

O balanço anual de 2015 foi divulgado ainda esta semana (14), pela assessoria de comunicação do Disque Denúncia Sudeste do Pará. Foram mais de 5.690 ligações, 2.424 Atendimentos e 3.266 Denúncias, que ajudaram as autoridades policiais a tirar do convívio social, perigosos criminosos, apreender armas e drogas e a solucionar crimes. 

A central abrange os 39 municípios do sudeste do Pará, e possui duas centrais capacitadas para absorver todo contingente de denúncias e atendimentos provenientes da região, que estão localizadas nos municípios de Marabá e Parauapebas e contam com o aplicativo Whatsapp para recebimento de Web Denúncias. Funcionando de segunda-feira a sábado das 08h às 20h, atende pelos telefones (94) 3312-3350/ (94) 3346-2250 ou através do aplicativo Whatsapp (94) 98198-3350.

“Somente no município de Marabá tivemos um aumento de 156% em relação ao ano passado, além do estado do Pará, também recebemos denúncias oriundas de outros estados. Do total de denúncias registradas na central, 66% delas são de caráter investigativo e 34% trata-se de denúncias imediatas”, informou, a Coordenadora, Hellen Araújo.

O Bairro da Nova Marabá continua liderando o ranking de 41% na lista dos bairros mais denunciados, ficando atrás dos bairros Velha Marabá com 8%, Cidade Nova 5%, São Felix, Liberdade e belo Horizonte 4% e por fim demais bairros com 2% a 3% das denúncias.

Dos mais de 170 tipos de crimes denunciados na central, o Tráfico de Drogas lidera o 1º lugar, 2º Poluição sonora, 3º Roubos/furtos a transeuntes, 4º Localização de Foragidos de justiça e 5º Lixo acumulado. 

Os municípios mais denunciados são: Marabá – PA, Parauapebas -PA, São Domingos do Araguaia – PA, Eldorado dos Carajás-PA, Itupiranga – PA, São João do Araguaia -PA, Nova Ipixuna -PA, Novo Repartimento – PA, Canãa dos Carajás – PA, Xinguara – PA, Curionópolis -PA, Jacundá-PA, Belém-PA, Redenção-PA, Conceição do Araguaia-PA, Ourilândia do Norte-PA, Abel Figueiredo-PA, Araguaína -TO, Esperantina -TO, São luís- MA, Imperatriz- MA e São Paulo.  

O aumento das denúncias se deu após a implantação do aplicativo Whatsapp (94) 98198-3350, que foi implantado em maio deste ano (2015), 40% do aumento das denúncias é graças ao aplicativo.

Ainda em 2015, o Disque Denúncia Sudeste do Pará, auxiliou a recuperar/apreender, 1 Cobra Sucuri; 4 Armas de fogo: 10 Autuações na Delegacia de Polícia, 525 gramas de Crack: 80 pedras de crack; 7 Máquinas caça-níqueis; 1 Balança de precisão;  6 Munições;  23 Prisões; 4 aparelhos celular;  R$ 790,00 em Dinheiro; 3 Veículos; 12m3 de Madeira serrada; 2 carteiras porta-cédulas.

Além de realizar suporte informacional no tange as operações realizadas pelos os órgãos de segurança, segurança pública confeccionando relatórios a respeito de: barulho, venda de bebidas alcóolicas para menores, roubo e furto a transeuntes e homicídios. Relatórios nos quais utilizados na operação “Verão Seguro”, ocorrida nos meses de Julho e Agosto, operação “Itacaiúnas” desempenhada no mês de Novembro, e a operação “Boas Festas” que ainda está sendo realizada e será estendida até a primeira semana de janeiro do ano subsequente, dentre outras.

Outro projeto de suma importância são os “Procurados” e “Desaparecidos”, onde cartazes são divulgados por meio das redes sociais, em que autoridades policiais e pessoas da família através de Boletins de ocorrência, procuram a central, para fins de localização de pessoas. Os cartazes ajudaram a polícia capturar 4 foragidos de justiça e 9 familiares tiverem seus entes queridos localizados.

O Dique Denúncia tem como principal missão, mobilizar a sociedade e fazer com que o cidadão entenda seu importante papel na luta contra a violência, é estimular a população a fornecer as autoridades mais e melhores informações e devolver para o estado, mais e melhores resultados.

Hellen Araújo, finalizou, agradecendo a população, as autoridades policiais e a imprensa pelo apoio. “O nosso agradecimento é para todo cidadão marabaense que entendeu o real valor deste instrumento para a sociedade fazendo sua parte, que é denunciando; as autoridades policiais que combatem o crime, todos os dias se vestem de coragem, mesmo sem saber se voltarão e vão à luta, e lutam incansavelmente pela nossa sociedade; e a toda imprensa que tem papel fundamental para a obtenção de sucesso nesta empreitada, é ela, quem da visibilidade ao projeto e estimula o cidadão a denunciar”.

Continue Denunciando! ANÔNIMATO GARANTIDO!

Deixe seu comentário