Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Direção do Senai desmente fechamento da escola em Canaã

A direção da instituição admite que a demanda pelos cursos oferecidos está baixa, afirma que teve de cortar despesas, mas afirma que o Senai não vai fechar na cidade

No Pará há 65 anos e conhecido por ser a maior instituição de educação profissional da América Latina, o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) já é responsável por qualificar e encaminhar para o mercado de trabalho milhares de jovens e adultos. Em Canaã dos Carajás, foi por meio do Senai que Josimar Pereira da Silva viu o filho de 19 anos conseguir o primeiro emprego após concluir o curso de Informática, ofertado pela instituição.

O agricultor ficou surpreso e não escondia a tristeza ao saber que a escola estava fechando as portas na cidade. “Mas, isso não pode acontecer, é uma coisa que só trouxe bem, a gente precisa se unir para saber o que aconteceu e tentar impedir que o Senai pare de funcionar aqui!”, exclamou.

Mas, tudo não passou de boato, que ainda não se sabe por onde começou tampouco o motivo, pois o Senai em Canaã não irá encerrar suas atividades na cidade. Foi o que disse Carlos Felipe Francês, diretor da escola em Canaã e Parauapebas. Segundo ele, o que acontece é que, no momento, a instituição está com baixa demanda das empresas, indústrias e de organizações, como prefeituras e associações.

“A comunidade também, com o cenário econômico atual, não investe em educação. Sendo assim, tivemos que diminuir nosso quadro funcional com algumas demissões. Estamos passando um momento econômico difícil. Porém não posso afirmar que o Senai Canaã vai fechar”, afirma o diretor.

“Até porque fazemos o atendimento a qualquer serviço de educação formação profissional por meio do Senai de Parauapebas, que atende a toda a região, bem como temos também várias Unidades Móveis, as quais, sempre que há uma demanda, a gente também desloca e atende”, conclui.

Veja também:  Mundo Senai proporciona orientação profissional em Parauapebas

Nota de posicionamento

A Vale esclarece que não requereu o prédio onde funciona o SENAI, em Canaã dos Carajás. A empresa reforça que é parceira da entidade e que o SENAI atua diretamente na formação dos profissionais que ingressam na empresa por meio dos programas porta de entrada, a exemplo dos Programas de Trainee e Jovem Aprendiz.

Prefeitura também nega

Acerca da informação que ganhou repercussão pelas ruas e se propagou rapidamente nas redes sociais, a prefeitura afirmou não passar de boatos, diz que a história não é verdadeira e que o objetivo é fortalecer ainda mais as atividades da Instituição na cidade “e não fechar as portas”.

Sobre o Senai

Instituição de direito privado, mantido e administrado pela indústria, o SENAI é a maior instituição de educação profissional da América Latina. Está presente em todos os Estados do Brasil, com 1.022 unidades fixas e móveis. Em mais de sete décadas de existência, já qualificou, nacionalmente, 68,2 milhões de pessoas. Trabalha em 28 áreas da indústria brasileira, desde a iniciação profissional até graduação e pós- graduação. Além de tudo isso, a instituição oferece transferência de tecnologia e inovação para as demandas do setor produtivo.

No Pará desde 1953, o SENAI atua com 15 unidades fixas e 21 unidades móveis, tendo qualificado, em mais de seis décadas, 700 mil pessoas para o mercado de trabalho. Além disso, a instituição oferta Cursos a Distância (EAD) de iniciação profissional, modalidade pelo qual realizou, só em 2015, 12.892. Atua em 20 áreas da indústria.

Deixe uma resposta