Detento em condicional preso por porte ilegal de arma em Parauapebas

Ele estava cumprindo pela por assalto a mão armada, saiu sob condicional, e agora vai voltar para a cadeia
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O detento, em regime condicional, Francisco Marcos da Silva Araújo, 20 anos, foi preso por uma guarnição da Polícia Militar Polícia Civil de Parauapebas, por volta de 0h40, da madrugada deste quinta-feira (12), acusado de porte ilegal de arma de fogo. Em ronda pela Rua 16, no sentido Jardim Canadá—Bairro Maranhão, o sargento R. Matos e o soldado Amorim o abordaram, encontrando com ele uma garrucha calibre 20, de fabricação caseira.

Durante a ronda, ao passarem pelo jovem, os policiais notaram um volume sob a camisa dele, à altura da cintura. Na revista, encontraram a arma, carregada.

Francisco Marcos da Silva cumpria pena no estava na condicional voltou a prisão. Ele já havia cumprido sete meses de pena, na cadeia no Presídio de Americano, na Região Metropolitana de Belém, por assalto a mão armada e em Parauapebas, teve progressão de regime e estava sob condicional, tendo voltado há 11 dias para a cidade.

Só pelo fato de estar na rua após às 22h, Francisco já estava quebrando as normas da condicional. Agora, com mais a acusação de porte ilegal de arma, a situação ficou mais complicada ainda.

Ouvido pela Reportagem, ele disse que, ao sair do presídio e retornar para Parauapebas, passou uns dias na roça e lá teria comprado a arma para sua defesa. A explicação não convenceu os policiais, os quais avaliam que àquela hora Francisco estaria procurando uma vítima para assaltar.

(Caetano Silva)

Publicidade