Darci Lermen está prestes a anunciar sua ida para o PMDB

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Darci Lermen ex-prefeito de Parauapebas filiou-se ao PMDBPretensos candidatos devem estar filiados a um partido político até o dia 02 de abril de 2016 para que possam concorrer regularmente nas eleições de 02 de outubro próximo. Assim diz a Lei nº 13.165/2015 (minirreforma eleitoral).

Desde que voltou da Bahia, Estado para onde se mudou logo após o término do seu mandato de prefeito de Parauapebas, em 2012, o petista Darci Lermen encontrou dificuldades para escolher um novo partido, já que dentro do PT ele não encontrou eco em sua pretensa candidatura a prefeito de Parauapebas. Como afirmou em recente entrevista concedida com exclusividade ao Blog, sua saída do PT “é fruto de uma grande reflexão para possibilitar a construção de um grande projeto para o município”.

Cobiçado e sonho de consumo de vários partidos, Darci conversou com muitos durante esse tempo. Alguns deles para compor a coligação que pretende organizar visando as eleições. Com outros na busca de se filiar. Esteve para anunciar sua filiação no PRB, PC do B, Rede e PROS. Sabe-se lá por qual motivo, o anúncio nunca foi feito.

Agora, dos bastidores da política local chega a notícia de que Darci Lermen esta fechado e deve anunciar em breve sua filiação ao PMDB.

Se concretizada, a filiação colocará por terra a recente harmonia entre Helder Barbalho, atual líder do partido no Estado e candidatíssimo a governador em 2018, e Marcelo Catalão (DEM), que o apoiou incansavelmente nas últimas eleições.

Darci não nega o acordo com os Barbalho, mas não confirma. O ex-prefeito disse que aguarda, ainda, conversas com partidos aliados para anunciar o novo partido. Uma coisa é certa: no PT ele não fica.

Relacionados