Criança é atingida com tiro de arma de fogo calibre 38 em Altamira

O pricipal suspeito é o pai. A vítima está internada no Hospital Regional da Transamazônica em estado grave
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A 22ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Altamira, no sudoeste do Pará, investiga um caso envolvendo um pai, uma criança de 5 anos de idade e a tentativa da mãe, de maquiar o crime. A filha do casal foi atingida com um tiro de arma de fogo na noite de sábado (4). O suspeito está foragido.

Chamada por vizinhos, uma viatura da Polícia Militar chegou ao local e não encontrou o suspeito, identificado como Jairo Almeida. A criança foi socorrida por moradores e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Mais tarde foi transferida para o Hospital Regional Público da Transamazônica. O estado de saúde dela é considerado grave.

Andressa da Silva Xipai, mãe da criança, tentou acobertar o caso ao levar a equipe de policiais para endereços incertos. Desconfiados, os militares perceberam a atitude da mulher e conseguiram o endereço correto pela ficha cadastral do Hospital Regional. A família mora no Bairro São Domingos, onde foi encontrada a arma do crime, um revólver de fabricação caseira, calibre 38 e munições e porções de drogas

Conduzida à Delegacia de Polícia Civil de Altamira, a mãe da criança não soube informar o que teria acontecido na noite de sábado, quando a criança acabou ferida por disparo de arma de fogo. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso e trabalha com duas hipóteses: disparo acidental ou proposital. Jairo Almeida continua livre.

(Antonio Barroso)

Publicidade