Covid-19: Marabá começa a aplicar terceira dose da vacina em idosos com mais de 70 anos

Os idosos aptos para tomar a dose de reforço são os que têm, no mínimo, seis meses de intervalo entre a segunda dose
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Prefeitura de Marabá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, inicia a aplicação da terceira dose da vacina contra a covid-19, em idosos com mais de 70 anos, na segunda-feira, dia 27 de setembro. Os idosos aptos para tomar a dose de reforço são os que têm, no mínimo, seis meses de intervalo entre a segunda dose.

A aplicação da dose de reforço nos idosos acima dos 70 acontecerá durante toda a semana, de 27 de setembro a 1º de outubro, contemplando um núcleo da cidade por dia. É preciso levar CPF, Cartão SUS, carteira de vacina, comprovante de endereço e declaração preenchida.

Confira o calendário vacinal para os idosos: 

– Segunda-feira (27/09/21): Maçonaria do Novo Horizonte (em frente à Igreja Católica Nossa Senhora da Conceição)

–  Terça-feira (28/09/21): Sest/Senat- São Félix

– Quarta-feira (29/09/21): Mercado Municipal – Morada Nova

– Quinta-feira (30/09/21): Carajás Centro de Convenções – Nova Marabá

– Sexta-feira (01/10/21) Maçonaria da Marabá Pioneira (Em frente à Praça Duque de Caxias)

1ª e 2ª doses da vacina

Todas as pessoas com mais de 12 anos, que ainda não tomaram a 1ª dose da vacina, podem se imunizar na terça-feira, 28 de setembro, no Carajás Centro de Convenções, na Nova Marabá, de 8 às 17 horas. Não esqueça de levar, documento com foto e CPF, cartão SUS, comprovante de residência e declaração preenchida. Lembrando que grávidas e puérperas (mulheres até 45 dias pós-parto) precisam apresentar prescrição médica conforme determinação do Ministério da Saúde.

Já as pessoas com a 2ª dose atrasada ou marcada para até o dia 29 de setembro, a vacinação será no dia 29 deste mês, também no Carajás Centro de Convenções, de 8 às 17 horas. Todos devem apresentar carteira de vacinação, comprovante de residência, CPF, cartão SUS e declaração preenchida.

(Fonte: Secom PMM)