Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
pará

Corpo de médico morto em acidente na TO-336 será trasladado para Cuba

O acidente aconteceu na manhã de ontem, terça-feira (17), e resultou na morte do médico Luís Alberto Martinez Vila, que trabalhava no Distrito Sanitário Especial Caiapó

O corpo do jovem médico Luís Alberto Martinez Vila, 39 anos, será trasladado, pela OPAS (Organização  Pan-Americana de Saúde), para  Cuba,  onde será sepultado. Ele morreu em acidente ocorrido por volta das 5h de ontem, terça-feira (17), na Rodovia TO- 336, nas proximidades da cidade de Colmeia do Tocantins.

De acordo com informações da polícia, o veículo que o médico estava bateu de frente com um caminhão. O profissional de saúde morreu na hora, três pessoas ficaram gravemente feridas e foram encaminhadas para a Unidade de Saúde de Colmeia e, de lá, ao Hospital Regional de Araguaína (TO). Já o corpo de Martínez foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) daquela cidade.

Luís Alberto Martinez morava em Redenção e trabalhava havia um ano no Dsei Caiapó (Distrito Sanitário Especial Indígena Caiapó do Pará), pelo programa Mais Médicos, do governo federal.

Segundo o coordenador do Dsei Caiapó, Lázaro Marinho, o médico retornava de viagem e começaria uma nova escala de trabalho nas aldeias indígenas nesta quarta-feira (18). Marinho disse ainda que o médico era “um excelente profissional” e que o Dsei “lamenta profundamente a morte prematura” de Luiz Alberto Vila.

Veja também:  Idosa e PM são vítimas de colisão entre duas motocicletas em Redenção

Na tarde de hoje um pano preto foi colocado na porta do Dsei Caiapó, em sinal de luto pela morte do médico. Ainda não há informações sobre a causa do acidente.

Seja o primeiro a escrever um comentário

Deixe uma resposta