Corpo de homem encontrado boiando em igarapé tem mais de 15 perfurações

Um suspeito do assassinato, a quem a vítima devia R$ 10,00, foi preso, mas nega que tenha participado do crime
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O Instituto Médico Legal (IML) removeu, na manhã desta quarta-feira (2), o corpo de um homem identificado por populares pelos apelidos de “Marabá” ou “Mesquinho”, encontrado boiando nas águas do Igarapé Sebosinho, na margem da Rodovia PA-275, no lado oposto ao Mercado Municipal, em Parauapebas.

Um dos suspeitos do assassinato é Ronaldo Oliveira Melo, conhecido como “Dimenor”, a quem “Marabá” devia R$ 10,00. Este, porém, nega que tenha matado ou participado do assassinato. Entretanto, segue detido para averiguação da Polícia Civil.

Ronaldo Oliveira – “Dimenor”

Uma guarnição da Polícia Militar fazia ronda na manhã de hoje na PA-275, quando foi informada de que o corpo de um homem estava boiando no igarapé. No local, os PMs avistaram o cadáver e chamaram a Polícia Civil, os Bombeiros e o IML.

Durante os primeiros levantamentos foi possível identificar mais de 15 perfurações no corpo de “Marabá”, produzidas provavelmente por arma branca: 12 no peito, três nas costas e outras nos braços e mãos.

Informações de populares dão conta de que o homem era viciado em drogas e teria sido atraído ao local onde foi assassinado, uma trilha muito usada por usuários de entorpecentes. O Blog continua acompanhando o desenrolar do caso.

(Caetano Silva)  

Publicidade

Relacionados