Clube do Remo e Paysandu Sport Club vão retornar aos treinos presenciais na capital Belém

Os protocolos de Leão e Papão foram aprovados e rivais voltam aos treinos no dia 1° de julho
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Após reunião realizada no início da noite desta terça-feira (23/06) entre o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, e os presidentes Fábio Bentes, do Clube do Remo, e Ricardo Gluck Paul, do Paysandu Sport Club, a gestão municipal liberou os clubes de futebol da capital paraense, a retornar suas atividades esportivas, como treinos presenciais, no dia 1° de julho. A partir desta quarta-feira (24/06), a dupla Leão e Papão vai iniciar os exames clínicos e fisiológicos com os seus elencos.

“Sobre o esporte profissional, nossas vigilâncias sanitária e epidemiológica deram parecer técnico favorável e a decisão da administração municipal é liberar os treinamentos de futebol para os clubes que estão disputando a 1ª divisão a partir do dia 1° de julho”, afirmou Zenaldo Coutinho, prefeito de Belém, em seu Twitter.

Além do prefeito da capital paraense e dos mandatários da dupla Leão e Papão, também participaram da reunião, médicos da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), e Raimundo Sena, membro do comitê de retomada das atividades. Com os protocolos dos clubes avaliados e aprovados, a Sesma deu o aval para o retorno das atividades daqui a uma semana como medida de segurança para os dois times.

“A gente está dividindo o grupo em dois para a realização dos exames e dos testes. A gente vai fazer a metade do grupo a partir de amanhã (hoje), com reavaliação cardiológica, feita pelo doutor Henrique Custódio. Além disso a gente está programando para o sábado a realização das tomografias e os testes de sorologia, não só para os atletas, mas também quem está aqui da comissão técnica e as pessoas que também trabalham dentro do Baenão”, afirmou Jean Klay, diretor do departamento médico do Clube do Remo.

Após os elencos de Remo e Paysandu passarem por todos os exames clínicos e fisiológicos, necessários para serem reavaliados, os jogadores finalmente poderão voltar aos estádios Evandro Almeida, o Baenão, e o Leônidas Castro, a Curuzu, ambos na capital Belém, para treinarem de forma presencial. Os clubes seguirão com seus protocolos treinando em grupos separados para evitar aglomerações em seus gramados. O Leão Azul já deixou toda uma programação para o retorno dos treinos presenciais.

“A programação é que no sábado seja feita a sorologia em todo esse grupo, a em torno de 40 pessoas, além das tomografias, no caso dos atletas. Nós estávamos esperando a autorização das autoridades e como isso aconteceu, a gente volta com os treinos presenciais, inicialmente com esse grupo que já se encontra em Belém e os demais atletas que não moram na capital, tem previsão de chegada dia 30. Então depois da próxima semana, a gente vai fazer os mesmos procedimentos com esses atletas e os jogadores contratados seguirão toda a rotina que a gente já tem no clube para a avaliação de um atleta novo quando chega no Clube do Remo”, disse Jean Klay.

Por Fábio Relvas

Publicidade