Castanhal vence, Paragominas empata e Paysandu perde, de virada, pelo Campeonato Brasileiro

O Japiim confirmou classificação na Série D e o Jacaré se complicou, enquanto que o Papão saiu do G4 da Série C
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Paragominas não emplaca na Série D (Foto: Marujo)

Continua depois da publicidade

Mais três equipes do futebol paraense entraram em campo na tarde e noite deste domingo (8) pelo Campeonato Brasileiro. Pela Série D, o Paragominas recebeu o Juventude Samas (MA), na Arena Verde, em Paragominas, duelo pelo Grupo 2. Já pelo Grupo 1, o Castanhal encarou o Ypiranga (AP), no Estádio Zerão, em Macapá. Ambas as partidas foram válidas pela décima rodada. Já o Paysandu visitou o Botafogo (PB), no Estádio Almeidão, em João Pessoa, pela 11ª rodada da Série C.

Paragominas 0 x 0 Juventude Samas

O Paragominas não conseguiu furar a defesa do Juventude Samas e ficou no empate sem gols diante da equipe maranhense. Com isso, o Jacaré segue fora do G4 do Grupo 2, somando 11 pontos e ocupando apenas a sétima colocação. O Paragominas volta a campo diante do Moto Club (MA), no próximo sábado (14), às 15h30, no Estádio Municipal Nhozinho Santos, em São Luís. A partida será válida pela 11ª rodada da Série D.

Ypiranga 0 x 2 Castanhal

O Ypiranga teve a primeira chance de gol: depois de cobrança de escanteio, Léo subiu de cabeça e a bola passou perto da meta do goleiro Axel Lopes. O Castanhal reagiu com William Fazendinha, que chutou e a bola bateu na defesa; na sobra, Lukinhas mandou para o gol e a redonda assustou o goleiro Redson. No lance seguinte, o zagueiro Alan cometeu falta mais forte no atacante Pecel e recebeu cartão vermelho, aos 21 minutos, deixando o Ypiranga com um jogador a menos.

O Clube da Torre não se intimidou com um jogador a menos e quase abriu o marcador. Araújo tocou para Célio Mata Boi, que devolveu para Araújo finalizar e parar na grande defesa do goleiro Axel Lopes. Só que quem marcou foi o Japiim da Estrada: Willians tocou bem para Samuel, que arriscou de fora da área e abriu o placar, aos 30 minutos, 1 a 0 Castanhal. No segundo tempo, o Japiim quase ampliou. Lukinhas cruzou, a bola chegou até Cleberson, que cabeceou e a redonda passou na frente da meta do goleiro Redson.

Castanhal confirmou sua classificação na Série D (Foto: Joy Silva/Rede Amazônica)

Na segunda chegada, não teve jeito. Após cruzamento da esquerda, Leandro Cearense foi mais rápido que o goleiro Redson e cabeceou para o fundo do barbante, aos oito minutos, 2 a 0 Castanhal. O time amapaense quase diminuiu, quando Araújo cobrou falta e a bola bateu no ferro que sustenta a trave. Em mais uma cobrança de falta para o Ypiranga, Layvison bateu e o goleiro Axel Lopes defendeu; a bola buscou o ângulo.

O Japiim acordou. Lukinhas se livrou da marcação e tocou para Willians, mas o volante castanhalense acabou isolando. Em outra tentativa do time aurinegro, Lukinhas cobrou escanteio e Lucão cabeceou com muito perigo contra a meta do Ypiranga. Flávio, do Castanhal, cometeu falta dura em Bruno e foi expulso de campo aos 45 minutos. Placar final: Ypiranga 0 x 2 Castanhal. 

Com o resultado positivo, o Castanhal confirmou classificação antecipada para a segunda fase da competição, além de seguir líder geral da Série D, com 26 pontos. O Castanhal volta a campo diante do GAS (RR), no próximo domingo (15), às 15h, no Estádio Maximino Porpino Filho, o Modelão, em Castanhal –  duelo válido pela 11ª rodada da competição nacional. 

Botafogo 2 x 1 Paysandu 

O Botafogo começou melhor e quase marcou, quando, após um cruzamento na área, Juba rolou para Éderson, que chutou para boa defesa do goleiro Victor Souza. O Paysandu deu o troco, depois que Diego Matos cruzou falta na área e Thiago Santos cabeceou, a bola passou assustando contra a meta do goleiro Lucas. Mais uma vez o Belo chegou, depois que Tsunami deu belo lançamento para Juba que, de frente com o gol, chutou pela linha de fundo.

O time da Paraíba queria o primeiro. Gabriel Araújo levantou na área e o goleiro Victor Souza conseguiu aliviar o perigo. O Papão chegou lá: Marlon fez grande jogada individual e chutou na saída do goleiro Lucas, aos 34 minutos, 1 a 0 Paysandu. O Botafogo foi em busca do empate, mas quando Amaral cobrou lateral dentro da área e Éderson cabeceou, a bola foi para fora. No segundo tempo, o Papão quase ampliou. Marlon cobrou escanteio e Denilson cabeceou para fora. 

Em mais uma tentativa bicolor, Thiago Santos chutou e a bola foi para fora. O Belo empatou: Gabriel Araújo cruzou na área, Éderson furou e Welton mandou para o fundo do barbante, aos sete minutos, 1 a 1 no Almeidão. O Botafogo foi em busca da virada. Esquerdinha cruzou e Daniel Felipe cabeceou para a defesa do goleiro Victor Souza. Novamente, o Belo rondou a área bicolor, Welton tocou para Juba, que deu passe para Gabriel Araújo chutar e parar na grande defesa de Victor Souza.

Tsunami marcou o gol da vitória do Botafogo diante do Paysandu (Foto: Guilherme Drovas)

Depois de uma boa jogada, Esquerdinha cruzou para Tsunami, ex-Remo, cabecear para o fundo do barbante, virada do Belo, aos 21 minutos, 2 a 1. Em uma cobrança de falta, Tsunami mandou de muito longe e o goleiro Victor Souza defendeu em dois tempos. Outra vez o Fogão paraibano. Sávio cobrou escanteio, Éderson finalizou – a bola foi desviada e sobrou para Gabriel Yanno cabecear por cima do travessão bicolor.

Pressão do Belo. Pablo tocou para Juba, que finalizou longe da meta de Victor Souza. No lance seguinte, Daniel Felipe deu belo lançamento para Sávio dentro da área, que foi derrubado e o árbitro marcou pênalti. Marcos Aurélio cobrou e o goleiro Victor Souza defendeu para o Papão. Placar final: Botafogo 2 x 1 Paysandu.

Com o resultado, o Paysandu saiu do G4 do Grupo A, agora ocupando o sexto lugar com 16 pontos. Já o Botafogo assumiu a liderança, com 19 pontos. O Paysandu volta a campo diante do Jacuipense (BA), no próximo sábado (14), às 19h, no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém. A partida será válida pela 11ª rodada da Série C. 

Por Fábio Relvas