Castanhal e Paragominas vencem na segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série D

O Japiim derrotou o Penarol (AM), por 1 a 0, e o Jacaré goleou o Tocantinópolis (TO), por 4 a 1
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Time do Paragominas goleou o Tocantinópolis (Foto: Paragominas Futebol Clube/Divulgação)

Continua depois da publicidade

O futebol paraense foi bem na segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. Na tarde deste domingo (13), o Castanhal foi até o Estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara (AM), e venceu o Penarol por 1 a 0, seguindo firme na liderança do Grupo 1, com seis pontos. Já o Paragominas se reabilitou na competição nacional e goleou o Tocantinópolis, por 4 a 1, na Arena Verde, em Paragominas, somando os três primeiros pontos dentro do Grupo 2, e ocupando o quarto lugar.

Penarol 0 x 1 Castanhal

O time do Castanhal começou melhor e teve tudo para abrir o placar, quando o zagueiro Renan, do Penarol, pisou na bola e deixou a redonda nos pés do atacante Pecel, que, de frente com o goleiro Bruno Colaço, conseguiu chutar para fora. O time da casa reagiu quando Felipe Tiririca lançou para Rodriguinho, que chutou de bico e com força – a bola foi para fora. Alexandre cobrou falta venenosa, o goleiro Bruno Colaço defendeu e salvou o time amazonense. 

Após uma boa jogada do Penarol, Raílson tocou bem para Rodriguinho, que cruzou na segunda trave para Marcelo; ele acertou de primeira e mandou a bola para fora. No lance seguinte, Rodriguinho deu passe para Raílson, que mandou um chute de longe e a bola passou sem muito perigo contra a meta do Japiim. Em um contra-ataque do time de Manaus, Marcelo fez um carnaval na defesa paraense, mas chutou fraco, perdendo uma grande chance. 

Lance da partida entre Penarol e Castanhal (Foto: Milly Barreto)

O Penarol botou pressão. Em uma boa jogada de Raílson, o meia entortou a marcação e chutou – o goleiro Axel Lopes teve que se virar e salvar o Castanhal do primeiro gol. Em uma jogada dentro da área, Raílson cobrou falta no primeiro pau, Sidney desviou e Ricardo Capanema afastou de cabeça. Os jogadores amazonenses pediram o pênalti, alegando que a bola teria tocado na mão do jogador castanhalense; a arbitragem mandou seguir.

No último lance do primeiro tempo, Marcelo Cardoso puxou contra-ataque e lançou na medida para Rodriguinho, que, sozinho e de cara com o goleiro Axel Lopes, conseguiu chutar para fora. Na etapa final, o Castanhal chegou ao gol: Geovane deu passe para o atacante Pecel; ele chutou cruzado da ponta esquerda e contou com a falha do goleiro Luís Paulo, que havia entrado no lugar do machucado Bruno Colaço, aos 11 minutos, 1 a 0 Japiim.

A equipe da casa foi para o desespero em busca do gol de empate. O zagueiro Renan arriscou de longe, Wallace desviou no meio do caminho e o goleiro Axel Lopes fez a defesa. Em mais uma descida do time da casa, Felipe Tiririca tocou para Diego Victor que, sozinho, mandou um chutaço para fora. No último lance de perigo da partida, Rodriguinho levou a marcação e cruzou no segundo pau para Andrei, que acertou um chute de primeira para fora. Placar final: Penarol 0 x 1 Castanhal.

Paragominas 4 x 1 Tocantinópolis

O Paragominas, que começou com derrota, foi para cima em busca da reabilitação sob o comando do técnico Robson Melo, em sua estreia. O PFC não demorou muito para abrir o marcador. Depois de uma bela troca de passes, o atacante Aleilson ficou de frente e tocou na saída do goleiro, aos 15 minutos do primeiro tempo, 1 a 0. No segundo tempo, o Jacaré do Norte ampliou: Michel cobrou falta e contou com a falha do goleiro, aos 16 minutos, 2 a 0 PFC. 

A bola parada virou a arma dos donos da casa. Após cobrança de escanteio, Franklin Douglas subiu de cabeça no segundo pau e marcou o terceiro, aos 24 minutos, 3 a 0. O time visitante conseguiu diminuir com o atacante Neném Apeú, aos 35 minutos, só que a tarde era do Jacaré do Norte, que fechou a conta com Buiu, aos 44 minutos. Placar final: Paragominas 4 x 1 Tocantinópolis. 

Por Fábio Relvas