Castanhal e Paragominas vencem e Remo perde pelo Campeonato Brasileiro das Séries D e B

Japiim venceu o São Raimundo (RR) e o Jacaré goleou o Imperatriz (MA) pela Série D, enquanto que o Remo perdeu para o CRB (AL) pela Série B
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Castanhal derrotou o São Raimundo-RR e disparou na Série D

Continua depois da publicidade

O futebol paraense entrou em campo na tarde e noite deste sábado (21) pelo Campeonato Brasileiro das Séries D e B. O Castanhal visitou o São Raimundo (RR), no Estádio Flamarion Vasconcelos, o Canarinho, em Boa Vista, pelo Grupo 1 da Série D, enquanto que o Paragominas recebeu o Imperatriz (MA), na Arena Verde, em Paragominas, pelo Grupo 2 da 4ª divisão. Já o Clube do Remo encarou o CRB (AL), no Estádio Evandro Almeida, o Baenão, em Belém, partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

São Raimundo 1 x 2 Castanhal

Logo no primeiro minuto de jogo, Daelson invadiu a área e chutou cruzado para abrir o placar, 1 a 0 Castanhal. O Japiim quase ampliou, quando Lukinhas puxou contra-ataque e tocou para Leandro Cearense, mas o atacante isolou contra a meta adversária. Minutos depois, Carlinhos driblou o goleiro Axel Lopes e caiu na área, os jogadores do São Raimundo pediram pênalti e o árbitro mandou seguir.

Em nova tentativa do Mundão, Tavinho cobrou falta e o goleiro Axel Lopes fez a defesa. O time da casa cresceu no jogo e depois que Carlinhos cruzou bola na área, Eric raspou de cabeça e a redonda foi para fora. A resposta do time aurinegro aconteceu quando Lucas cruzou rasteiro para o chute de Willian Fazendinha, a bola foi para longe do gol. O São Raimundo conseguiu o empate. Após cruzamento na área, Juninho desviou de cabeça e a bola ficou para Eric chutar para o fundo do barbante, aos 31 minutos, 1 a 1.

O Mundão foi para cima em busca da virada. Tavinho dominou bola no peito e emendou um voleio por cima da meta de Axel Lopes. Outra vez o time de Roraima assustou, quando Poroca deu belo lançamento para Elicley, que tentou marcar por cobertura e acertou o rosto do goleiro Axel Lopes, mas a arbitragem paralisou a partida marcando impedimento no lance. Novamente o São Raimundo levou perigo com Tavinho, que tocou para Eric rolar atrás para o chute de Elicley, a bola foi para fora.

Após pegar pressão, o Castanhal chegou. Willian Fazendinha cobrou falta e o goleiro André Regly salvou o que seria o segundo gol do time paraense. No segundo tempo, o Japiim teve uma boa oportunidade e novamente com Willian Fazendinha, que cobrou falta e a bola passou raspando contra a meta do goleiro André Regly. Só que aos seis minutos, Daelson percebeu o goleiro André Regly adiantado e chutou por cobertura, marcando um golaço, 2 a 1 Castanhal.

O São Raimundo foi para o tudo ou nada. Elicley recebeu passe e chutou caído, o goleiro Axel Lopes defendeu e a bola sobrou para o próprio Elicley, que chutou e a defesa afastou o perigo. Pressão do Mundão. Jucá tocou para Elicley que soltou a bomba, a bola foi para fora. Em uma boa chegada do Castanhal, Leandro Cearense recebeu passe e girou para marcar, o goleiro André Regly salvou no abafa.

O São Raimundo foi em busca do empate. Eric tocou para o chute de Rian, a bola passou perto da trave do goleiro Axel Lopes. Só dava Mundão. Eric cruzou na área para a cabeçada de Rian, Axel Lopes defendeu o que seria o gol de empate do time da casa. Tavinho se livrou da marcação e chutou, a bola quicou e o goleiro Axel Lopes conseguiu defender para o Castanhal. As últimas chances foram do time da casa. Matheus Tomaz matou uma bola no peito e chutou, só que mandou longe da meta castanhalense.

No último lance, após uma bola na área do Japiim, Stanley pegou a sobra e a zaga afastou em cima da linha. Placar final: São Raimundo (RR) 1 x 2 Castanhal. Com a vitória, o Castanhal somou 32 pontos, líder disparado do Grupo 1. O Japiim volta a campo diante do Penarol (AM), no próximo domingo (29), às 15h, no Estádio Maximino Porpino Filho, o Modelão, em Castanhal, partida válida pela 13ª rodada da Série D.

Paragominas 4 x 1 Imperatriz

O Paragominas começou melhor e foi logo abrindo o placar. Wanderlan deu belo lançamento para o atacante Aleílson, que matou no peito e chutou na saída do goleiro, aos sete minutos, 1 a 0 Jacaré. Melhor em campo, o PFC ampliou. Após boa chegada pela direita, Kaikinha ganhou da marcação e tocou para Edicleber, que rolou na marca do pênalti para o chute de primeira de Dutra, aos 16 minutos, 2 a 0 para o Paragominas.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Edicleber cobrou escanteio no segundo pau para a cabeçada certeira do zagueiro Robinho, 3 a 0 PFC. O Imperatriz descontou com o gol do atacante Joãozinho, aos 35 minutos. Para fechar a goleada, Dutra arrancou pela esquerda e tocou para Deylon acertar um belo chute, aos 47 minutos. Placar final: Paragominas 4 x 1 Imperatriz.

Com a vitória, o Paragominas voltou para o G4 do Grupo 2, agora somando 17 pontos e assumindo a 4ª posição. O PFC volta a campo diante do Tocantinópolis (TO), no próximo sábado (28), no Estádio João Ribeiro, o Ribeirão, em Tocantinópolis, partida válida pela 13ª rodada da Série D.

Remo 1 x 2 CRB

O CRB começou melhor e Jean Patrick arriscou de fora da área, o goleiro Vinícius espalmou salvando o Remo. Em outra trama do time alagoano, Jajá tocou para Guilherme Romão, que chutou e o goleiro Vinícius espalmou para escanteio. O Leão Azul chegou com Victor Andrade, que pedalou para cima de Jean Patrick e foi calçado, o árbitro Thiago Luis Scarascati (SP), consultou o VAR para verificar se o atacante do Remo foi tocado dentro ou fora da área. Com a consulta do árbitro de vídeo, foi dada a falta para o time azulino.

No segundo tempo, Arthur do Remo experimentou de fora da área e bola se perdeu pela linha de fundo. Em uma cobrança de escanteio, Jajá levantou na área e Renan Bressan ficou pedindo pênalti após ser tocado. A arbitragem consultou o VAR e o pênalti foi assinalado para o Galo. O próprio Renan Bressan cobrou e deslocou o goleiro Vinícius, 1 a 0 CRB, aos 14 minutos. No lance seguinte, Júnior Brandão disputou bola na área e caiu, o árbitro novamente consultou o VAR e assinalou outro pênalti para o time visitante. Renan Bressan cobrou e marcou o segundo dele e do CRB, 2 a 0, aos 20 minutos.

O Remo tentou reagir, depois que Victor Andrade cruzou, a zaga afastou e na sobra Ronald bateu para o gol e o goleiro Diogo Silva defendeu bem para o time alagoano. O Leão diminuiu com Jefferson, que recebeu passe e chutou forte para marcar, aos 36 minutos. O preparador de goleiros do Remo, Juninho, acabou expulso. O time azulino empatou, quando o atacante Victor Andrade apareceu por trás da defesa e mandou para o fundo do barbante, aos 43 minutos.

Novamente o VAR foi acionado para tirar a dúvida do lance e o gol do Clube do Remo foi anulado pelo árbitro da partida. O Leão insistiu até o final. Em uma cobrança de escanteio, Rafael Jansen cabeceou e Carlos Jatobá salvou em cima da linha. Placar final: Remo 1 x 2 CRB.

Com o resultado, o Remo permanece com 26 pontos e ocupando a 12ª colocação dentro da classificação da competição. O Leão Azul volta a campo diante do Brasil de Pelotas (RS), na próxima sexta-feira (27), às 19h, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas, partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Por Fábio Relvas / Fotos: Divulgação