Canaã dos Carajás registra o primeiro caso suspeito de coronavírus

Uma jovem, de 18 anos, chegou de São Paulo apresentando sintomas leves. Ela e a família estão em isolamento domiciliar
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Prefeitura de Canaã dos Carajás confirmou nesta quarta-feira, 18, o primeiro caso suspeito de coronavírus na cidade. Trata-se de uma jovem, de 18 anos, que chegou recentemente de São Paulo. Ela apresentou sintomas como febre, tosse e dores no corpo. Como o quadro clínico é leve, a jovem, o pai e as duas irmãs estão em isolamento domiciliar.

O coordenador de Vigilância em Saúde, Douglas Pacheco, explicou que a jovem chegou de viagem, no dia 5 de março, sem apresentar sintomas, mas na semana passada, ela se queixou de dores no corpo, tosse e febre, exatamente no período de incubação, o que se enquadra em situação suspeita de Covid-19.

A coleta do material será encaminhada hoje para o laboratório em Belém e o resultado deve sair num prazo de 3 dias. “Ela chegou no dia 5 e apresentou os sintomas no dia 12, ela vai ficar em isolamento por 7 dias, que é período de transmissão da doença. Já a família que teve contato com ela e que não apresentou sintomas deve ficar isolada por 14 dias, por precaução, que é o período de incubação do vírus”, informou Pacheco.

A prefeitura orienta quem chegar de viagens internacionais, ou de estados como São Paulo e Rio de Janeiro, que já foram declarados locais de contágio comunitário, e apresentar sintomas como febre, tosse, falta de ar e dor no peito, deve procurar uma unidade de saúde. Se os sintomas forem leves, a pessoa deve ficar em isolamento domiciliar.

Publicidade