Caminhão esmaga cabeça de ciclista em Xinguara

A tragédia ocorreu na Rodovia BR-155, na manhã desta terça-feira. O motorista diz que não viu nem ouviu a bicicleta bater no caminhão
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Um homem ainda não identificado morreu por esmagamento de crânio por volta das 8h desta terça-feira (22), na Rodovia BR-155, em Xinguara. Ele pedalava uma bicicleta atrás de um caminhão e caiu para baixo dos rodados do veículo. O motorista, Milton Cláudio de Sousa, em depoimento na Delegacia de Polícia Civil disse que não viu nem ouviu quando o ciclista bater no veículo pesado.

Milton de Sousa contou em depoimento, prestado espontaneamente, que trabalha em uma transportadora e havia ido a Redenção carregar o caminhão com vergalhões que levaria até Fortaleza (CE). Quando passava por Xinguara, na BR-155, no perímetro em frente ao Residencial Nova Suíça, ele reduziu a velocidade para 30 km para passar por uma lombada, quando viu o ciclista pelo retrovisor, pedalando atrás do caminhão, na rodovia mesmo, porque ali não existe acostamento.

Segundo Milton, após a lombada, um caminhão trafegando em sentido contrário cruzou com o dele e, instantes depois, ele viu, pelo retrovisor, a bicicleta no chão. Parou o caminhão, desceu e o corpo do rapaz sob os rodados, com o crânio esmagado.

Milton Sousa garante no depoimento que não viu nem ouviu quando o ciclista bateu no caminhão. Ele afirma, ainda que não pediu socorro porque o homem já estava morto.

Conta, ainda, que dezenas de curiosos começaram a se aglomerar próximo ao caminhão até que a Polícia Militar chegou e isolou o local. O motorista lamentou pela morte do ciclista disse que “foi uma fatalidade”.

Mesmo com Milton de Sousa tendo procurado espontaneamente a Delegacia de Polícia Civil para depor sobre a tragédia, o caso está sendo investigado.

Publicidade