Câmara de Xinguara vai pagar R$ 240 mil por assessoria contábil

Futura Contabilidade vai faturar R$ 20 mil por mês para organizar vida da Casa de Leis, cuja despesa com pessoal gira em torno de R$ 3,5 milhões. Contratação não teve reajuste do INPC.
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

A Futura Contabilidade já vinha prestando serviços à Câmara de Xinguara, inclusive foi a responsável pelo assessoramento técnico no exercício de 2019, quando o Legislativo local teve orçamento de R$ 4,7 milhões, conforme previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA) consultada pelo Blog. A empresa optou por não propor alteração no valor que recebia mensalmente, abrindo mão, inclusive, da correção de preços de 4,48%, registrados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) por meio do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), usado como referência para reajustes salariais e de alguns contratos.

De acordo com justificativa apresentada pela Câmara de Xinguara, o valor de referência da contratação tem por base, também, os mesmos serviços prestados à Câmara de Água Azul do Norte em 2018, ocasião em que a Futura Contabilidade recebia R$ 15,6 mil por mês. No entanto, com 11 vereadores, a estrutura da Câmara aguazulense é inferior à do parlamento de Xinguara, que tem 13 representantes. Hoje, a maior despesa da Casa de Leis xinguarense é com pessoal, que gira em torno de R$ 3,5 milhões.

Publicidade